• Home
  • Bezerros recém-nascidos são tratados com extrema violência nos EUA

Bezerros recém-nascidos são tratados com extrema violência nos EUA

3 comments

Por Loren Claire Canales (da Redação – Portugal)
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Uma ONG defensora dos animais se infiltrou em uma empresa dedicada a criação de gado e registrou em vídeo o tratamento humilhante que os bezerros são submetidos. Atenção, as imagens do vídeo no fim da matéria são fortes e demonstram o toda insensibilidades da indústria da carne. As informações são do Infobae.

Bezerros que apenas podiam caminhar sendo arrastados como sacos de lixo, puxados dos rabos e das orelhas, empurrados e chutados. Todas estas práticas, cruéis, desumanas e explicitamente proibidas pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos, são comuns na empresa Quanah Cattle Co, localizada em Kersey, Estado do Colorado.

A ONG Compassion Over Killing, que promove a defesa dos animais e a cultura vegetariana, se infiltrou na empresa, gravou tudo e realizou a denúncia.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

“Eram bezerros de apenas alguns dias de vida, e como estavam fracos e muito assustados, não conseguiam caminhar bem. Alguns, inclusive, ainda tinham o cordão umbilical pendurado em seus corpos”, afirmou a ONG em um comunicado.

Os especialistas em criação de gado concordam que este tipo de tratamento não é aceitável em nenhum caso, e que se houvesse acontecido em um matadouro, certamente o Departamento de Agricultura teria fechado o local. Entretanto, não só este tratamento é inaceitável, como qualquer tratamento que a indústria da carne às suas vítimas que, mais cedo ou mais tarde, serão mortas para o consumo humano.

Denunciar a empresa após gravar este vídeos é utilizar uma estratégia legal para sabotar uma parte desta terrível indústria, embora não possa ser tomado como um fim em si. Só pedir pelo bem-estar dos animais dentro destes locais não é suficiente, é necessário proibir que estes lugares existam.

No momento, a empresa, que se dedica a engorda de bezerros, decidiu não se manifestar publicamente sobre o ocorrido.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Este é o vídeo que foi utilizado para a denúncia da empresa, que mostra em alguns minutos até onde a crueldade humana pode chegar, com torturas em massa de bezerros indefesos.

Nota da Redação: Conforme o próprio texto deixa explícito, lutar somente pelo bem-estar dos animais dentro de empresas de engorda ou em matadouros e criadores não pode ser um fim em si. É necessário lutar sempre pela abolição de qualquer exploração animal e, portanto, pelo fechamento de todos os locais de engorda e todos os matadouros existentes. 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. meu deus do ceu quanta maldade eles sao bebes quando isso vai ter fim vamos virar vegetarianos todos eu sou mais poderiamos ser muitos

  2. Planeta da barbárie! Falta justiça, ética, compaixão, respeito a vida.
    Falta evolução moral, espiritual.
    Muita covardia e perversidade dessa indústria da morte, explorar e , torturar em matar esses seres inocentes e sencientes da natureza.
    Peço justiça, justiça divina!

  3. depois de tanta crueldade serão covardemente assassinados a sangue frio … pobres indefesos e nós que amamos os animais sofremos juntos porem temos muita luta pela frente em defesa dos nossos indefesos e amados animais !!!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>