• Home
  • Saola é avistada no Vietnã e trás esperanças de recuperação da espécie

Saola é avistada no Vietnã e trás esperanças de recuperação da espécie

0 comments

Por Simone Gil Mondavi (da Redação – Argentina)

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Um exemplar de uma saola, um bovídeo extremamente raro parecido a um antílope, foi recentemente observada no Vietnã, gerando esperança nos zoólogos que anseiam que a espécie possa sobreviver apesar de sua vulnerabilidade, anunciou na quarta-feira (13) o Fundo Mundial para a Natureza (WWF). O animal é conhecido como o “unicórnio asiático”. As informações são do Teleamazonas.

Cientistas do WWF localizaram o animal em setembro, em uma reserva das montanhas Annamitas, na fronteira com Laos, graças a uma câmera com um temporizador automático.

É a primeira vez que se pode observar um exemplar desta espécie no Vietnã desde 1998.

“Quando descobrimos as fotos, nossos olhos não podiam acreditar. A Saola é o Santo Graal para os zoólogos no sudeste da Ásia”, disse Van Ngoc Thinh, responsável do WWF no Vietnã.

“É um descobrimento incrível, que dá esperança para a recuperação da espécie”, acrescentou em um comunicado.

“No Vietnã tinha visto uma saola na natureza pela última vez em 1998”, disse Dang Dinh Nguyen, chefe adjunto do Departamento da província de Quang Nam (centro), que qualificou essa observação como histórica, garantindo que mostrou que os esforços para conservar o habitat natural da saola foram eficazes.

A WWF estima que a população selvagem das saolas é de algumas dezenas ou mesmo algumas centenas.

Posteriormente da observação a último saola, lançaram um programa nessa área para recrutar guardas locais, e evitar a caça furtiva. Desde o ano 2011, 30 mil armadilhas foram detectados e mais de 600 campos de caçadores ilegais, de acordo com o WWF. A saola, que se parece com uma pequena vaca com dois chifres curvos em direção á coluna, foi identificada em 1992.

A última saola que havia sido observada foi no Laos em 2010. O espécime morreu poucos dias mais tarde, depois de ter sido capturado por alguns moradores, disse que a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) , somente conseguiu ser fotografada antes  da morte.

Foto: WWF
Foto: WWF
Foto: WWF
Foto: WWF

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>