• Home
  • Vaca aparece andando em trilhos de trem na Inglaterra

Vaca aparece andando em trilhos de trem na Inglaterra

0 comments

(da Redação)

Foto: Mirror.uk
Foto: Mirror.uk

Recentemente, uma vaca foi vista andando em trilhos de trem entre as estações de Nailsea e Blackwell em Somerset (Inglaterra). As informações são do Mirror do Reino Unido.

Dezenas de passageiros que esperavam o trem em uma plataforma assistiram incrédulos o animal passando por eles na pista.

Os serviços ferroviários em plena hora do rush da manhã entre Bristol, Taunton e Exeter foram todos interrompidos em ambos os sentidos, por duas horas, para a remoção da novilha.

Muitos passageiros expressaram indignação nas redes sociais, pelo atraso para chegarem em seus trabalhos ou compromissos.

Segundo a reportagem, animais de fazendas vizinhas cruzando vias ferroviárias são uma das cinco maiores razões de atrasos de trens e de uma média de 15 incidentes por mês na região.

Foto: Mirror.uk
Foto: Mirror.uk

Um porta-voz da Network Rail disse: “Não é uma desculpa, mas a maioria da nossa rede ferroviária atravessa áreas rurais, locais predominantemente de fazendas”.

“Assim como os animais são propensos a vagar pelas estradas movimentadas, eles às vezes encontram o seu caminho para a estrada de ferro. Vacas e cavalos são um problema”, acrescentou o porta-voz.

Nota da Redação: Animais são criados em fazendas para satisfazer ao consumo humano. Como se não bastasse as suas breves vidas de exploração, muitos deles escapam – até mesmo em busca da liberdade que está na essência de sua natureza, e sofrem acidentes em estradas e trilhos de trem.

É preciso corrigir a afirmação do porta-voz citado na reportagem: vacas e cavalos não são “um problema”. Problema são os humanos que insistem em abusar dos animais para consumi-los, não reconhecendo que eles sequer deveriam ser criados para tal fim. Esses animais, se ficam confinados, são vítimas; se, por um momento tentam fugir do destino que eles sabem ser a morte, são vítimas também. Parece não haver saída para os mesmos, enquanto forem objetos de consumo para a humanidade.

 

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>