• Home
  • Vida de criança

Vida de criança

2 comments

(Arte: Maisa Shigematsu)
(Arte: Maisa Shigematsu)

Eu tenho pena do bebê girafa, que leva o maior tombo quando nasce. E tenho pena dos bebês tartaruga, que nascem enterrados e precisam cavar rápido e correr para a praia antes que um ladrão de tartarugas apareça. Para o filhote da girafa, cair assim logo que nasce deve ser bom, porque na floresta há muitos perigos para enfrentar logo cedo. E para os filhotes da tartaruga, que correm para o mar sem saber direito o que é correr e nem o que é mar, também deve ser bom, porque embaixo d`água também é muito perigoso de viver. Eu mesmo, não entro lá sem estar com minha mãe mais ou menos perto e minha bóia bem cheinha.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Que encanto, caro Rogério! Que encanto. É muito doce ler sus crônicas e perceber nelas, sempre, essa mensagem edificante aos queridos animais.
    Abração!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>