• Home
  • Pelo menos 34 mil aves morrem após curto-circuito em aviário

Pelo menos 34 mil aves morrem após curto-circuito em aviário

0 comments

Um curto-circuito pode ter ocasionado a morte de pelo 34 mil aves em um aviário da Linha Fazendinha, interior de Arabutã. De acordo com o secretário de infraestrutura da cidade Lauri Enck, por volta das 19h do sábado (02), um cano de água da estrutura teria rompido, molhado o painel elétrico e ocasionado o problema.

“Após o curto-circuito o sistema de ventilação parou de funcionar ocasionado a morte das aves” explicou Enck.

As aves estavam em um aviário conhecido como Dark House. A estrutura é toda climatizada e comandada pelo sistema elétrico que foi danificado.

Na manhã do domingo (03), quatro caminhões, uma retroescavadeira e uma escavadeira hidráulica da Prefeitura de Arabutã realizaram a abertura de valas para o enterro de cerca de 70 toneladas de frango.

Fonte: Diário Catarinense

Nota da Redação: A própria existência de aviários é condenável. Manter aves confinadas em um pequenos espaço, amassadas entre si, sem a menor perspectiva de liberdade, sendo tratadas como mercadoria é intolerável.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>