• Home
  • Filhote de cão é abandonado para morrer após ter as orelhas cortadas

Filhote de cão é abandonado para morrer após ter as orelhas cortadas

3 comments

(da Redação)

Van Gogh, que foi encontrado sangrando e tremendo debaixo de uma ponte. Foto: Delco Times/Julia Wilkinson - Daily Mail
O cão Van Gogh foi encontrado sangrando e tremendo debaixo de uma ponte. Foto: Delco Times/Julia Wilkinson – Daily Mail

Este é o pequeno Van Gogh, um filhote de Pit Bull de oito semanas de idade cuja história é tão comovente quanto terna.Van Gogh foi encontrado na semana passada debaixo de uma ponte em Upper Darby, Pensilvânia (EUA). Há suspeitas de que promotores de rinhas cortaram as suas orelhas e o deixaram no local sangrando abundantemente para morrer. As informações são do Daily Mail.

Segundo o Daily Times do condado de Delaware, a polícia está procurando pelos monstros que mutilaram o pequeno cão, mas eles ainda não têm pistas.

Ele estava morrendo quando foi resgatado e levado para o Hospital Veterinário Stoney Creek, próximo ao local.

“Pelo fato dele ser tão jovem, do jeito que estava perdendo temperatura e ficando mais fraco, seria uma questão de horas”, disse a Dra Kelly Slattery à KYW-TV da Filadélfia.

A veterinária procedeu com uma cirurgia de emergência para fechar os cortes e fazer com que interrompesse o sangramento.

Os ferimentos, disse ela, estavam incrivelmente dolorosos para o pequeno fihote. Ele não parava de ganir quando chegou ao hospital.”Orelhas são muito vascularizadas, têm muitos nervos, por isso é uma área altamente sensível”, explicou a veterinária, comentando também que a pessoa que fez isso provavelmente usou uma tesoura ou uma faca.

O pequeno Van Gogh começou a pular com energia 48 horas depois de resgatado. Espera-se que ele tenha uma plena recuperação. Foto: KYW-TV / Daily Mail
O pequeno Van Gogh começou a pular com energia 48 horas depois de resgatado. Espera-se que ele tenha uma plena recuperação. (Foto: KYW-TV/Daily Mail)
A polícia está procurando os suspeitos de terem cortado as orelhas do cão. Embora sem pistas, supõe-se que sejam promotores de rinhas. Foto: KYW-TV / Daily Mail
A polícia está procurando os suspeitos de terem cortado as orelhas do cão. Embora sem pistas, supõe-se que sejam promotores de rinhas. (Foto: KYW-TV/Daily Mail)

Buzz Miller, fundador do grupo PACT for Animals disse que os promotores de rinhas cortam as orelhas dos cães para que estes não possam ser agarrados no “ringue”. Mas o destino do filhote poderia ter sido ainda mais terrível.

“Um cão deste tamanho poderia ter sido usado como isca. Ele seria completamente destruído, seria horrível”, disse Miller.

No entanto, a história teve um final feliz, pois o cão teve a sorte de ser resgatado. Dois dias após a cirurgia e após algumas boas refeições, Van Gogh recuperou a força. “Ele está uma bola de energia saltitante”, disse a veterinária.

Sua recuperação foi tão encorajadora que a Dra Kelly não deixou de fazer uma brincadeira. Seu nome para ele, Van Gogh, foi uma referência ao pintor holandês que só tinha uma orelha.

Ela disse que o fato de ter tido as orelhas cortadas não trouxe nenhuma perda de audição e não causará dano permanente ao cão.

Após dez dias no hospital veterinário onde ficará sob supervisão, Van Gogh estará disponível para adoção.

Van Gogh entrará para adoção após dez dias em observação no hospital veterinário. Foto: KYW-TV / Daily Mail
Van Gogh entrará para adoção após dez dias em observação no hospital veterinário. Foto: KYW-TV / Daily Mail

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Já não temos mais o que dizer,fica difícil demaisss…entender o porquê de tanta crueldade.Indignação,por tanta maldade! Graças a DEUS e a essas pessoas Maravilhosas!…E diante de tanta tristeza,mais um final feliz!

  2. É preciso ficar de olho nos marginais que se vangloriam ao utilizarem os animais em rinhas! Confesso que denunciaria qualquer um numa situação assim. Amo os animais e acho que devíamos nos unir para dar um basta nessa bandalheira.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>