• Home
  • Milhares de pessoas se mobilizam pela internet em prol dos animais

Milhares de pessoas se mobilizam pela internet em prol dos animais

2 comments

Após a ação de ativistas no Instituto Royal, em São Roque, interior de São Paulo, na madrugada de sexta-feira (18), milhares de pessoas, incluindo famosos, usaram a internet para expressar indignação e apoio à causa. Cerca de 200 cães da raça Beagle foram retirados do local sob a alegação de que os animais, submetidos a testes de produtos farmacêuticos, sofriam maus-tratos durante as pesquisas. O Concea (Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal), vinculado ao Ministério da Ciência e da Tecnologia, afirma que a empresa está em situação regular.

Pelas redes sociais, um novo protesto foi marcado para as 10h deste sábado (19), na rodovia Raposo Tavares, perto do instituto. Em uma das páginas criadas no Facebook para a divulgação do ato, que tinha a confirmação de 4.040 internautas pouco depois das 22h de sexta-feira, os organizadores convocavam: “venham fazer a diferença na vida desses animais que sofrem todos os dias. Vamos todos nos unir e juntos salvar vidas.Vamos!”

Outra página de divulgação do evento, com 475 confirmações, pedia o apoio de pessoas que se “utilizam de táticas Black Bloc para acompanhar no ato de fechamento da rodovia Raposo, Km 56”.

O instituto também é alvo de abaixo-assinados virtuais, alguns endereçados a entidades, como Ministério Público, STF (Supremo Tribunal Federal) e Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). Um dos que reuniam mais adesões estava na página da ONG Avaaz. Criado em agosto do ano passado e intitulado “Contra o uso de animais pelo Instituto Royal”, ele contava com 302.935 adesões.

Outra petição, “Diga não ao Instituto Royal”, foi direcionada à presidente Dilma Rousseff e havia conseguido 60.604 assinaturas.
No Facebook, páginas foram criadas para discutir o tema. Uma das que mais se destacaram foi a “Adote um animal resgatado do Instituto Royal”. Cerca de 19 horas depois de ser colocada no ar, ela havia sido curtida por 273.970 usuários.
Os internautas também espalharam pela rede social nomes de empresas que fariam testes em animais. Muitos sugeririam boicote às marcas e chegaram a deixar recados nas páginas de algumas delas.

Um dos grupos conclamou: “Vamos combater as principais marcas, exigir explicações e que não compactuem com esse tipo de brutalidade! De forma organizada e sincronizada, somos fortes!”.

No Twitter, até a noite de sexta-feira, o Instituto Royal aparecia nos Trending Topics. Figurou entre os assuntos mais discutidos dos usuários do microblog no Brasil.

Fonte: Tribuna Hoje

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Vamos continuar agindo pessoal. Unidos chegaremos lá!

    Estou surpresa e feliz com a atitude dos brasileiros. A união definitivamente faz diferença.

    Temos que acabar com estes laboratórios e boicotar as empresas que pagam por estas atrocidades. Os animais são muito mais importantes que um batom ou seja o que for.

    Unidos venceremos!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>