• Home
  • Mergulhadores promovem ato em defesa dos tubarões na Praia de Boa Viagem

Mergulhadores promovem ato em defesa dos tubarões na Praia de Boa Viagem

0 comments

Mergulhador conversa com banhistas para explicar a importância dos tubarões para o meio ambiente (Foto: Diego Nigro / JC Imagem)
Mergulhador conversa com banhistas para explicar a importância dos tubarões para o meio ambiente (Foto: Diego Nigro / JC Imagem)

Membros do projeto Divers for Sharks (Mergulhadores para Tubarões) promoveram um ato em defesa dos tubarões neste sábado (17) na Praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife (PE). Eles passaram o dia no calçadão conversando com os banhistas para explicar a importância desses animais no meio ambiente.

“Estamos aqui para educar a população. Muitos demonizam os tubarões pelos ataques, mas não sabem que eles também são vítimas de desequilíbrios ambientais. Além disso, são predadores que ajudam a regular o funcionamento do ecossistema marinho”, disse o biólogo e membro do Divers for Sharks João Manuel da Silva, 18 anos.

João Manuel explicou que, em Pernambuco, esses animais perderam seu habitat natural por causa da construção do Porto de Suape. Por isso, foram empurrados pela corrente para a praia. “Não são ataques que acontecem aqui, mas incidentes. Trata-se apenas do encontro entre duas vítimas”, afirmou.

Os organizadores do ato distribuíram panfletos que explicam a atuação dos tubarões no ecossistema marinho para os banhistas. Eles também colocaram bandeiras e uma faixa para colher assinaturas em defesa dos tubarões no calçadão da Avenida Boa Viagem, em frente ao Edifício Acaiaca. O ato começou às 8h e durou até o fim da tarde deste sábado.

O ato aconteceu quase um mês depois da morte da adolescente paulista Bruna Gobbi, 18 anos. Ela foi atacada por um tubarão na Praia de Boa Viagem no dia 22 de julho, quando passava férias com a família no Recife. Esse foi o 59º ataque que aconteceu no Estado desde que os incidentes começaram a ser contabilizados pelo Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), em 1992. Dessas 59 vítimas, 24 morreram e 23 estavam em Boa Viagem quando foram atacadas.

Mesmo assim, o movimento deste sábado não foi motivado pela morte de Bruna Gobbi, segundo João Manuel. Ele disse que o Divers for Sharks realizou uma ação semelhante em setembro do ano passado e pretende passar a fazer atos mensais. O projeto surgiu no Rio de Janeiro e chegou ao Recife em agosto de 2012.

Fonte: JC Online

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Que se afastem da agua salgada os banhistas pois não dependemos dela para manter nossa vida,bem ao contrário,os acidentes ou incidentes ocorrem por culpa exclusiva humana,só nós,humanos somos causadores de nossa própria incúria.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>