• Home
  • Movimento tenta impedir matança de animais por motivos religiosos

Movimento tenta impedir matança de animais por motivos religiosos

0 comments

Foto: Divulgação/oglobo
Foto: Divulgação/oglobo

Em três anos de existência — completados este mês —, o projeto “Bicho Sagrado”, da ONG SOS Aves & Cia, recolheu 2.648 animais que seriam mortos em oferendas religiosas. Desses, 30 conseguiram sobreviver e estão hoje em um dos dois abrigos da ONG, em Saquarema e em Itaipava, no Rio de Janeiro. O trigésimo bichinho salvo foi a galinha Beta, que teve uma asa amputada durante uma oferenda em Niterói.

“Não temos nada contra a religião de ninguém, mas torturar animais é crime tipificado na lei, passível de prisão e multa. É preciso saber o que é religiosidade e o que é crime de maus-tratos” afirma o presidente da ONG, o ambientalista Paulo Maia.

Os mais de mil voluntários da SOS Aves & Cia, espalhados pelo estado, colecionam episódios em que, por um triz, deixaram de resgatar algum bichinho prestes a ser morto de forma dolorosa e sem finalidade. O presidente da instituição conta que arrancou um pato negro — espécie legitimamente brasileira — das mãos de uma mulher, na porta do cemitério de Inhaúma, que se dizia incorporada por Cleópatra e pretendia decapitá-lo. O pato estava com o bico amarrado e com várias agulhas espetadas no corpo.

Outro orgulho de Maia é um dos primeiros animais salvos, no início do projeto, em 2010: um bode encontrado sozinho em Itaipava com sete facas na cabeça. Surpreendentemente, ele conseguiu sobreviver ao ser tratado por veterinários da ONG.

“As pessoas precisam ter coragem de denunciar. Um bode agonizando em uma encruzilhada não é religiosidade, sob hipótese alguma. É crime e tem que ser punido”, defende Maia.

Para denunciar abusos contra animais, basta clicar na aba “Denuncie” do site www.sosavesecia.org.br (a denúncia vai instantaneamente do site para o telefone dos voluntários da ONG) ou ligar para uma das unidades do Corpo de Bombeiros, que entram em contato com a SOS Aves & Cia. Todas as denúncias são anônimas.

Ato contra secretário de Defesa dos Animais
Nesta terça-feira, uma outra ação relacionada com a proteção de animais acontecerá na Cinelândia. Integrantes do Movimento Para Salvar os Animais Cariocas marcaram para as 16h a quarta manifestação pedindo a exoneração de Cláudio Cavalcanti, secretário Especial de Promoção e Defesa dos Animais (Sepda).

Fonte: O Globo

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Parabéns aos voluntários! Este tipo de denúncia precisa ser encorajada, as pessoas não devem se deixar intimidar pela fachada de intocável que as religiões usam como escudo para qualquer tipo de prática. Tortura é tortura e constitui crime, independente da finalidade.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>