• Home
  • Animais são vendidos como objetos no Instagram

Animais são vendidos como objetos no Instagram

0 comments

Por Patricia Tai (da Redação)

Defensores dos direitos animais estão criticando o aplicativo Instagram por permitir que os usuários vendam animais indesejados e exóticos online.

Algumas pessoas usam a ferramenta de compartilhamento de fotos até mesmo para vender animais para sacrifícios em rituais religiosos. As informações são do Daily Mail.

Milhares de animais domésticos como filhotes de cachorro, gatos e coelhos são vendidos em posts do Instagram com a hashtag #forsale.

Venda: Este é um dos milhares de animais sendo oferecidos para venda via Instagram, aplicativo de compartilhamento de fotos. (Foto: Daily Mail)
Venda: Este é um dos milhares de animais sendo oferecidos para venda via Instagram, aplicativo de compartilhamento de fotos. (Foto: Daily Mail)
Alguns usuários efetivamente transformaram suas contas do Instagram em correntes de anúncios de animais. (Foto: Daily Mail)
Alguns usuários efetivamente transformaram suas contas do Instagram em correntes de anúncios de animais. (Foto: Daily Mail)

Usuários também podem navegar por uma seleção de animais exóticos que requerem cuidado especial como cobras, cavalos e tartarugas.

Os anúncios apresentam detalhes dos animais por escrito junto às fotos e podem ser visualizados online em computadores, smartphones e tablets.

Ao fazer uma busca por #forsale no Instagram, aparecem mais de um milhão de ofertas, incluindo objetos como roupas, sapatos e jóias, e muitas de animais vivos.

Alguns usuários do Oriente Médio vendem ovelhas para serem sacrificadas.

Uma conta do Kuwait publicou: “Nós temos todos, animais para sacrifício e cadáveres de todas as idades. Nós levamos eles até você para eventos e festas de aniversário”.

Ativistas pedem que sejam proibidos posts como estes no Instagram. (Foto: Daily Mail)
Ativistas pedem que sejam proibidos posts como estes no Instagram. (Foto: Daily Mail)
Ovelhas sendo oferecidas para sacríficio religioso por um usuário do Kuwait. (Foto: Daily Mail)
Ovelhas sendo oferecidas para sacríficio religioso por um usuário do Kuwait. (Foto: Daily Mail)

A ONG Animal Aid está exigindo que esta mídia social, que pertence ao Facebook, proíba o que eles chamam de “comércio negligente de escravos animais”.

“Esta é uma situação chocante, ver animais sendo reproduzidos por dinheiro e vendidos como commodities”, disse Andrew Tiler, diretor da organização, que também afirmou que isso não só leva a mais sofrimento e abusos aos animais como também incentiva a tutela irresponsável.

“Quanto mais fácil se compra e vende animais online, mais casual e insensível será a abordagem para com os animais. Nós vivemos em um tempo em que as pessoas vêem os animais como algo descartável, e isso não está certo”, complementou o diretor.

O Instagram não tem regras contra a venda de animais em seu site. (Foto: Daily Mail)
O Instagram não tem regras contra a venda de animais em seu site. (Foto: Daily Mail)

A Animal Aid solicita que todos os que tenham consciência juntem-se a eles e mandem mensagens de repúdio ao Instagram, pedindo que a rede não mais hospede esse comércio “descuidado, impensado e egoísta de animais”.

Os termos de utilização do site não contêm atualmente nenhuma diretriz sobre anúncios de venda, e não menciona a venda de animais.

Em contraste, os sites líderes de vendas online eBay e Amazon já estão à frente do Instagram e proíbem a publicação de anúncios de venda de animais.

Segundo a reportagem, o Instagram declinou comentar o assunto.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. A humanidade está podre…parece que estão morrendo de fome.Um povo que tem medo do trabalho,então vendem animais como se vendem qualquer objeto.Verdade é que esse povo vende tudo,o que eles não quer é trabalhar.Ganhar dinheiro as custas da dor dos animais é mais fácil para a corja.

  2. pfffffff…
    Mercado livre e olx vende cada cruza de tatu com cobra como bicho legítimo. E até bicho doente a venda por lá já vi.

    Classificados no facebook também são o caos.

  3. Nossa monstruosidade essa é a palavra para definir essas pessoas que fazem esse tipo de coisa,pra que judiar de um ser inocente,e ainda esse tipo de ritual não leva a nada somente a sofrimento de animais,pq o Senhor Deus não quer que façamos mais sacrificio,pois Ele nos deu Seu Unico Filho em sacrificio em favor a nòs ,e não aceita outro tipo de sacrificio…denunciem msm quem faz isso ,mas acima de tudo precisa chegar as pessoas que tem poder pra fazer algo pra salvar os animais que nem imaginam o que vão passar se ninguem fazer nada.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>