• Home
  • Cadela é resgatada com patas atrofiadas após confinamento em Salvador (BA)

Cadela é resgatada com patas atrofiadas após confinamento em Salvador (BA)

0 comments

(da Redação)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Uma cadela da raça Rottweiler foi resgatada nesta terça-feira (30), em Salvador (BA), após denúncias de moradores do bairro. O animal de aproximadamente 50kg vivia a maior parte do tempo amarrado a uma pedra, num espaço de menos de um metro quadrado, sem direito a se exercitar dentro ou fora da residência.

Uma oficial de justiça encarregada de cumprir liminar concedida pelo Juizado Cível de Piatã, para fazer a busca e apreensão da cadela Lessy, compareceu ao local acompanhada da vereadora Ana Rita Tavares (PV) e representantes da ONG Terra Verde Viva. O grupo ainda teve apoio de uma guarnição da 37ª Companhia da Polícia Militar.

Como não houve resistência por parte da guardiã, a cadela foi retirada da casa com a aprovação dos vizinhos, indignados com a maneira como o cão era mantido preso. “Estou muito feliz por terem tirado ela daí. Há mais de um ano que vemos a cadela nessa situação, amarrada e deitada sobre as próprias fezes. A tutora ainda jogava água nela toda noite, dizendo que era pra diminuir o mau-cheiro”, disse uma moradora que não quis se identificar.

Lessy já apresentava atrofia nas patas dianteiras e parecia não se alimentar há muito tempo. Por isso, devorou em poucos segundos uma lata de ração, oferecida pelos ativistas, e se apressou para sair da casa onde era mantida presa. Ela foi avaliada pelo médico veterinário Nilson Carvalho, que apontou aumento do fígado e baço, obesidade – possivelmente pela dieta desequilibrada – e suspeita da doença do carrapato (erlichiose). “Ela também apresenta atrofia dos membros anteriores, provavelmente pelo confinamento num local tão pequeno”, disse o veterinário.

Edna Lopes, guardiã do animal, ainda tentou se justificar, dizendo que pretendia colocar a cadela em outro local, ignorando as acusações de que a mantinha nessas condições por mais de um ano. Questionada pela vereadora Ana Rita, com relação aos maus-tratos contra o animal, ela disse não saber que amarrar cachorro era crime. “Cachorro é cachorro, gente é gente. Não me compare a ela”, resumiu.

A vereadora considerou inacreditável a dona de casa confinar uma cadela de quase 50 kg num local onde o animal não conseguia nem girar o próprio corpo. “É surreal a insensibilidade dessa senhora, mas, graças à denúncia dos vizinhos, pudemos tirar o pobre animal desse sofrimento terrível”, disse.

Caso seja confirmada a doença do carrapato (erlichiose), após os exames de laboratório, Lessy vai precisar passar por um mês de tratamento, mas já tem um novo lar garantido. Segundo a vereadora Ana Rita Tavares, uma pessoa já demonstrou interesse em adotá-la.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. E a mulher, vai ter que pagar uma multa pelo menos ou vai ficar de boa.
    Tinham que proibir ela de ter outro animal, porque logo ela arruma outro coitado para torturar. Insensibilidade com o sofrimento alheio = psicopatia.

    1. Infelizmente, você pode estar certo, Murillo. Ela é bem capaz de arranjar outro animal para maltratar e ainda se dizer boazinha. Porque deu comida, água e um teto.

  2. “Cachorro é cachorro, gente é gente. Não me compare a ela” Realmente, não dá mesmo pra comparar…. o animal é muito melhor do que você!

  3. Ela disse não saber que amarrar cachorro era crime. “Cachorro é cachorro, gente é gente. Não me compare a ela”, resumiu.
    Pois é Edna, cachorro é cachorro e gente é gente, MAS NÃO POR ISSO devemos desrespeitar nossos irmãos e, pelo contrário, sabendo das diferenças evolutivas, TEMOS OBRIGAÇÃO de proporcionar-lhes dignidade e contribuir com sua evolução, assim como seu deus e seus anjos o fazem com você. Gente é gente, e você provou com essa situação que não é gente e muito menos um animal, você provou ser uma aberração – assim como tantas outras que habitam o planeta – uma anomalia comportamental que precisa ser combatida veementemente por gente de verdade, que se preocupa com o bem estar de pessoas, dos animais e da natureza como um todo.

  4. Atitude muito linda, salvar a cachorrinha Lessy dos maus-tratos. Não consigo entender pessoas que, sentindo-se superiores aos animais, os maltratam quando deviam protegê-los. 🙁

  5. O castigo seria essa pessoa nunca mais poder ter um animal e pagar uma fiança altíssima ,pois só assim veriamos algum progresso.

  6. Tem gente bandida que faz isso mesmo. Já vi isso. Depois de muito sofrimento a cadela foi retirada do local. O lado bom é que a mulher está colhendo o que plantou, a própria vida está fazendo o acerto de contas.

  7. O CASTIGO DELA SERIA AMARRÁ-LA EM UMA CELA EM QUE ELA SÓ PUDESSE FICAR EM PÉ OU DEITADA POR PELO MENOS UM DIA PRA ELA VER O QUE É SER ANIMAL E O QUE É SER GENTE, PQ ELA É GENTE MESMO PQ UM ANIMAL JAMAIS FARIA ISSO COM ALGUM SER HUMANO. METE ELA NA PRISÃO.

  8. Graças a Deus, agora ela está livre….vai ser feliz meu anjo, ter o amor que voce sempre mereceu e até agora não teve. Seja feliz.

  9. Pelo menos uma multa bem pesada e o tratamento de saúde da cadela até que ela fique 100% saudável ela devia ser obrigada a pagar por tudo! Essa criatura não pode nunca se comparar a qualquer animal,pois nem o mais feroz dos animais consegue ser tão perversos quanto a essa criatura que se acha um ser humano!

  10. Que absurdo isso,pega essa mmonstra e coloca presa num local pequeno tbm,sem comida ,pra ver se ela aprende,
    odeio pessoas que fazem,mal a animais que nao sabem se defender,se nao sabe cuidar pq pega pra criar entao?
    graças a Deus axistem anjos que olham por esses seres indefesos,Parabéns a tds vcs que ajudaram e denunciaram esse fato.infelismente ainda existem mts animais por ai precisando de nós.
    que Deus olhe por eles.

  11. CADEIA E MULTAS, TRABALHOS COMUNITARIOS E NUNCA MAIS POSSA TER OUTRO ANJINHO INDEFESO PARA TORTURAR! PARABÉNS A QUEM DENUNCIOU E QUEM A RESGATOU!!!

  12. tinha era q amarrar esta criatura também,num lugar sujo,e apertado,pra ela sentir o q e bom…mulher infeliz,sem coração…sem alma…acho q nem no inferno vao querer tal criatura…

  13. Essa mulher, esse ser repugnante, além de pagar todo o tratamente da cadelinha, devia também passar uns bons anos de férias na cadeia!

  14. Porque pegam cachorro? Pra maltratar? Sabe que não tem condições de cuidar não pega…gente sem coração não pode ter animal de estimação,devem lembrar sempre que é um ser vivo e que tem sentimentos.

  15. Quem devia estar amarrada era essa senhora, que tem a lata de dizer para não a comparar com o cadela, porque a cadela ainda
    tem sentimentos, mas a senhora não tem sentimentos, é uma pessoa maldosa, arrogante, quem não sabe se faz isso aos próprios filhos, chama-se maus tratos

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>