• Home
  • Campanha Liberte-se da Crueldade celebra proibição de testes em animais na Índia

Campanha Liberte-se da Crueldade celebra proibição de testes em animais na Índia

0 comments

Por Helder Constantino (em colaboração com a ANDA, de Nova Délhi)

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Índia proibiu testes de cosméticos em animais após intensa mobilização pública e legislativa, incluindo o apoio de parlamentares e membros das Assembleias Estaduais, através da Campanha Liberte-se da Crueldade desenvolvida pela organização Humane Society International Índia.

O Bureau of Indian Standards (BIS) aprovou a retirada de qualquer menção sobre testes em animais do regulamento dos cosméticos do país. O uso de métodos alternativos modernos sem o uso de animais também se torna obrigatório, substituindo testes invasivos em animais. Isto significa que qualquer fabricante interessado em testar cosméticos ou novos ingredientes na Índia deve primeiro pedir a aprovação da Organização Central de Controle e Padronização de Medicamentos. Será dada autorização ao fabricante para o teste apenas após o cumprimento das normas BIS referentes aos testes sem animais.

Troy Seidle, diretor de pesquisa e toxicologia da HSI, disse: “A decisão da Índia mostra o caminho para os países que ainda estão indecisos sobre a proibição de testes de cosméticos em animal. Esses países devem agir agora, devem seguir o exemplo da Índia e acabar com a crueldade na indústria da beleza. ”

Membro do Parlamento Indiano, Baijayant Jay Panda, disse: “Este é um grande dia para a Índia e para os milhares de animais que não vão mais sofrer, ainda que haja muita coisa a ser feita. Nosso governo deve seguir adiante, proibindo a importação e venda de cosméticos que são testados em animais no exterior. Só então é que a Índia demonstrará seu compromisso com os métodos modernos de pesquisa sem animais e ser verdadeiramente livre de crueldade”.

A HSI celebra a proibição como uma grande vitória para sua campanha Liberte-se da Crueldade, que trabalha para acabar com testes em animais para cosméticos em todo o mundo. O próximo passo para a campanha Liberte-se da Crueldade Índia é conseguir proibir a venda de cosméticos que foram recém-testados em animais fora da Índia, ou seja, em outras partes do mundo. Esta proibição vai impedir que as empresas indianas de cosméticos terceirizem testes em outros países e que estes produtos terceirizados e testados em animais sejam importados para a venda.

Israel e os 27 países que compõem a União Europeia implementaram em seus territórios tanto a proibição dos testes quanto a venda de cosméticos testados em outros países para definitivamente pôr fim ao sofrimento dos animais. A organização HSI está liderando a campanha para convencer a Índia a tornar-se a próxima zona de cosméticos totalmente livre de crueldade.

HSI liderou uma campanha intensa na UE para que a venda de cosméticos testados em animais fosse aplicada e no ano passado lançou a campanha global Liberte-se da crueldade. A campanha tem o intuito de alcançar vitórias similares na Ásia Oriental, Canadá, Brasil, Rússia, Oceania e outros países.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>