• Home
  • Iguanas terrestres e outras imagens de Galápagos poderão ser vistas na internet

Iguanas terrestres e outras imagens de Galápagos poderão ser vistas na internet

0 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Depois de capturar e disponibilizar imagens de Fukushima, no Japão, atingida por um terremoto que causou um acidente nuclear, o Google agora prepara novo material sobre uma remota região para ser colocado em breve à disposição dos internautas. Seguindo os passos de Charles Darwin, autor da teoria da evolução, uma equipe do Google Maps, levando câmeras de 360 graus nas mochilas, caminhou por trilhas, subiu montanhas e se deslocou até um vulcão para captar imagens para o serviço Street View. Como anunciou a companhia, o Google Maps planeja incorporar as imagens on-line nos próximos meses.

A visita da equipe técnica do Google Maps teve um sentido profundo e partiu do pedido da Charles Darwin Foundation (CDF), organização sem fins lucrativos, para adicionar imagens de Galápagos em seu aplicativo de Street View. Assim, mais pessoas podem visitar o local, só que agora virtualmente, sem danificar seu frágil ecossistema, e como um recurso para a pesquisa e a educação. “Houve muitas aventuras. Foi inspirador”, contou a chefe do projeto, Raleigh Seamster.

A equipe do Street View passou 10 dias no arquipélago equatoriano situado no Pacífico e trabalhou em colaboração também com a direção do Parque Nacional de Galápagos e a Catlin Seaview Survey. “Filmaram uma série diversa de lugares, de alguns pontos muito turísticos a lugares que estão fora dos caminhos mais visitados”, afirmou Seamster. Quando o serviço estiver disponível, os internautas poderão observar de perto as iguanas terrestres. “Tivemos que escalar quatro quilômetros de campos de lava para chegar ao local onde está a área de preservação de iguanas terrestres. Conseguimos nos aproximar muito dos animais”, destacou a chefe do projeto.

“Esta é uma oportunidade única de usar a tecnologia científica para a conservação e a sensibilização pública sobre a importância do ecossistema dos Galápagos em um mundo em transformação”, afirmou Daniel Orellana, chefe de pesquisas em sistemas humanos, em um comunicado. O Catlin Seaview Survey, grupo de especialistas que procura imagens de recifes de coral no mundo, usou um equipamento especial para captar imagens panorâmicas submarinas de alta definição em águas do arquipélago, declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

“Compilamos um incrível portfólio de imagens de 360 graus, que permitirá ao mundo fazer ’mergulhos virtuais’ nos ecossistemas únicos da Reserva Marinha de Galápagos”, afirmou Pelayo Salinas de León, da Fundação Darwin. As imagens submarinas serão usadas como referência para avaliar a saúde do sistema marinho e o efeito das mudanças climáticas. O projeto representa a primeira captura de imagens do Street View no Equador, segundo o Google, que tem feito visitas para captar imagens para os seus mapas do Amazonas, no Brasil, ao Ártico canadense.

Fonte: EM

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>