• Home
  • ‘Meu cachorro não é ladrão para ser detido’, disse tutor de animal 'preso'

‘Meu cachorro não é ladrão para ser detido’, disse tutor de animal 'preso'

6 comments

Duke é um pastor alemão e tem apenas 9 meses (Foto: Reprodução / TV Tem)

Duke, o pastor alemão de apenas 9 meses, que foi ‘detido’ junto com um suspeito de furto em Votuporanga (SP), já está em casa. O tutor do animal, o soldador Angelo Lourenço, viu as fotos da prisão pela televisão e correu até o Centro de Zoonoses para resgatá-lo. “Meu cachorro não é ladrão para ser detido. Agora não tiro mais os olhos dele”, disse em entrevista ao Tem Notícias.

O cachorro foi ‘detido’ nesta quarta-feira (28), com um suspeito de furtar cadeiras de uma lanchonete na cidade. O suspeito do crime, segundo Angelo Lourenço, mora próximo à casa dele e já passeava com o cachorro de vez em quando.

O homem detido foi reconhecido por uma testemunha e preso. Junto com ele, o cachorro foi levado para a delegacia e depois encaminhado ao Centro de Zoonoses.

No dia do crime, o suspeito saiu com Duke e não retornou. Estranhando a situação, o tutor do animal começou a procurá-lo. Quando soube do caso, ficou apavorado. “Meu sobrinho, que adora o animal, chorava de soluçar. Tudo que eu queria era meu cachorro de volta. Quando eu vi as fotos na televisão, corri para resgatá-lo”, contou.

Já em casa, Duke brinca com o tutor e está saudável. “Todo mundo em casa gosta dele, só não entendi porque ele foi ‘preso’ junto com o homem. Mas ainda bem, porque pude recuperá-lo. Todo mundo em casa gosta dele, não tem coisa melhor o cachorro que gostamos estar conosco. Eu costumava deixar os vizinhos e os amigos passear com ele. Agora ele não sairá mais da minha vista”, contou Ângelo.

O suspeito de furto permanece detido na cadeia da cidade.

Tutor está feliz por ter animal novamente em casa (Foto: Reprodução / TV Tem)

Assista à reportagem aqui.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Muito bacana o final da história. mas como os policiais levaram o cachorro junto com o suspeito???? falta de Informação e de INTELIGÊNCIA da policia.

  2. Ainda bem que levaram o cachorro junto, imagina se tivesse largado na rua, talvez não seria mais encontrado pelo dono, os policiais foram sensiveis em levar o animal pra um lugar em que pudesse ser encontrado!!!!

  3. Sorte do tutor e do animal, que viu a notícia na TV, senão…Agora pq o meliante não contou de quem era e onde morava o dono do cachorro…Infeliz….

  4. Por que o pastor foi levado para CCZ? O rapaz não contou quem era o tutor do cão para que os policiais entrassem em contato? O rapaz é suspeito de roubar cadeira e fica algemado, sentado no chão. Outros matam cães das formas mais perversas e são “CONVIDADOS” a comparecer na delegacia pra prestar declarações e sair rindo da cara de todo mundo. Inversão de valores.Roubar uma cadeira pune mais que matar e maltratar animais.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>