• Home
  • Ladrões levam labrador de idosa e deixam outro cão no lugar, em SP

Ladrões levam labrador de idosa e deixam outro cão no lugar, em SP

3 comments

Antonella Ippolito
tunga_ipp@uol.com.br

Foto: Divulgação

Na madrugada do dia dois de março, por volta das 3 horas da madrugada, na Av. Dr. Sílvio Campos, Perus, roubaram nosso cachorro da raça labrador de nome Black, que adotamos em novembro de 2011. Não existe sinal de arrombamento, mas como o muro não é alto, muito provavelmente levaram-no por cima do muro, ele é bem mansinho e isso seria bem possível.

Sua tutora atual saiu às pressas para o hospital na noite anterior ao roubo, pois passava mal da diabetes. Aproveitaram sua saída ao hospital para roubar o cão que havia ficado solto no quintal. Devido a essa coincidência de horário, não acredito que foi um acaso, e sim  que foram conhecidos ou pessoas que vivem próximas ou freqüentam as proximidades e já planejavam o roubo. Até porque, estranhamente deixaram outro cão no lugar, um vira lata, até mesmo parecido com o Black em tamanho e cor, acredito que o fizeram na intenção de enganar a Sra. Francisca por saberem que ela não enxergava muito bem.

Peço desculpas por tomar tempo de vocês com isso, mas roubar um cachorro que é o companheiro de uma pessoa quase cega é um crime sem nome. Esse cachorro foi um presente que demos a à Sra. Francisca que está com diabetes muito avançada, já não enxergando nada bem, é totalmente sozinha em São Paulo, não tem parentes, amigos, não tem filhos nem marido. O cachorro era seu filho, companheiro, irmão. Quando perdeu um outro por doença, no ano passado, quase morreu (mesmo) pela falta do bicho, tivemos que providenciar este em questão de dias para salvá-la, mas desta vez acredito que se não o recuperarmos, ela não vai aguentar.

Estamos pensando em oferecer uma recompensa para quem o trouxer de volta ou indicar onde está. Ele é um labrador preto, porém na luz parece meio marrom (chocolate). Tem os olhos claros. Na barriga, perto do pênis, tem pelos brancos. Tem cerca de 2 anos e loucura por brincar de pegar bola, galhos ou qualquer coisa que jogarmos pra ele. Ele é muito bonito e saudável, não tem como não reconhecer.

Qualquer informação, me avisem.

Foto: Divulgação

Contato: Antonella Giordano Ippolito – tunga_ipp@uol.com.br

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta para Daniele Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>