• Home
  • Cachorras rejeitadas pelos tutores precisam de um lar de verdade em São Paulo

Cachorras rejeitadas pelos tutores precisam de um lar de verdade em São Paulo

3 comments

Vânia Lopes
vanialopes05@gmail.com>

Fotos: Divulgação

Uma família morava de aluguel em um determinado ponto do bairro do Jd.São Luís – Zona Sul veio morar  no mesmo bairro, num imóvel que fica de frente para a minha casa no final de novembro de 2011. No dia da mudança, todos os animais da vizinhança latiam muito. Estranhei a agitação e olhei pela janela. Vi então a cena: os cães corriam atrás do carro dessa família e tentavam entrar na casa, pela garagem quando o portão eletrônico baixava a porta, os tutores enxotavam os animais. Davam chutes e jogavam pedras.

Fiquei indignada e fui lá na hora e perguntei se eles estavam tentando se livrar dos animais. A mulher respondeu que não. Minha vizinha, que também viu tudo, disse na cara da mulher que a viu abrir a porta do carro e  jogar comida, num ponto mais distante da rua, para despistar os bichos. Daí, falei sobre posse responsável e disse que ela veio morar no lugar certo. Que nós estávamos de olho. Ofereci ajuda para castrar as cadelas e depois direcionar para doação. Consegui mandar castrar as cadelas na mesma semana e alertei: “As cadelas  têm chip. Sei onde você mora e se você se livrar delas, vai ser responsabilizada e vai levar multa”. Porém, presenciei a tentativa de abandono de três cadelas na calada da noite. Inclusive uma estava grávida e era deficiente, arrastava uma patinha. Por enquanto ainda estão lá, mas a casa foi colocada à venda e fatalmente as cadelas irão pra rua.

Foto: Divulgação

A Nina é a de cor preta e branca, tem 10 meses e está castrada. O tamanho dela é de um poodle pequeno, não cresce mais. É superboazinha. A Dalila tem pelagem branca e aproximadamente um ano e meio, porte médio para pequeno e parece uma labradora. Observei que são reprimidas. Andam encurvadas, com o rabo entre as pernas. Às vezes o carro entra na garagem e elas saem pra rua, e eles ” as esquecem” do lado de fora do portão onde ficam por muito tempo querendo entrar. Eles têm no total quatro cães, mas querem doar só estas duas.

Ajudem a encontrar um lar de verdade para elas duas, pois fatalmente serão descartadas por seus tutores.

Contato: Vânia vanialopes05@gmail.com  – Tel.: 11-5851-2593 (só à noite)

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Que absurdo! Vou ajudar a divulgar!

    O mais absurdo ainda é essa família querer se desfazer apenas de dois desses cães e ficar com outros dois! É absurdo! Essa família com certeza não tem sensibilidade e nem responsabilidade para ter cachorros! TODOS os cachorros merecem amor!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>