• Home
  • Conheça quatro animais transparentes que driblam a extinção

Conheça quatro animais transparentes que driblam a extinção

6 comments

Já viu algum desses curiosos animais transparentes por aí? Se a resposta for negativa, não há problema: algumas dessas espécies são raras de encontrar. Até porque são animais considerados “fantasmas” do mundo real, por terem uma pele parecida com vidro e aparência quase imperceptível. Selecionamos, com ajuda do MNN, os mais intrigantes deles já registrados.

Sapo de vidro

(Foto: Reprodução)

Estes anfíbios da família Centrolenidae são chamados de sapos de vidro porque a sua pele abdominal é quase toda transparente. Olhar para ele assemelha-se à análise de uma ressonância magnética, já que muitos órgãos internos do animal, tais como fígado, coração e intestino, são vistos com facilidade. Encontrados nas selvas da América Central e do Sul, esses animais são principalmente arborícolas, o que significa que vivem principalmente nas árvores.

Borboleta Glasswing

(Foto: Reprodução)

Esta borboleta com asas transparentes tem um nome espanhol, “espejitos”, que significa “pequenos espelhos”. Se não fosse o esboço opaco ao redor das asas, ela passaria quase despercebida a olho nu. Muitas vezes migram grandes distâncias, e os machos da espécie se reúnem em enormes grupos com o objetivo de se exibir competitivamente para o acasalamento.

Crocodilo Icefish

Foto: Reprodução

Este curioso predador da Antártida é incomum porque sua aparência transparente se deve, em grande parte, ao sangue quase invisível. Eles são os únicos vertebrados conhecidos no mundo sem a hemoglobina, a proteína no sangue que transporta oxigênio. Sobrevivem a temperaturas abaixo de zero no oceano onde vivem, já que a água fria tem um teor de oxigênio dissolvido muito maior do que a água mais quente.

Camarão fantasma

(Foto: Reprodução)

As conchas semitranslúcidas desses crustáceos minúsculos os tornam quase tão transparentes quanto os aquários de vidro em que muitas vezes são mantidos. Na natureza, diferentes espécies podem ser encontradas em rios e lagos em todo o mundo, incluindo o centro dos Estados Unidos. Esses animais transparentes só são facilmente percebidos quando ganham a cor de algum alimento colorido que tenham ingerido. Geralmente, como sua dieta é à base de vegetais, adquirem a cor verde.

Fonte: Paraíba.com.br

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>