• Home
  • Grupo dos direitos animais exige libertação de baleias mantidas em regime de escravidão no “Sea World”

Grupo dos direitos animais exige libertação de baleias mantidas em regime de escravidão no “Sea World”

0 comments

Por Camila Arvoredo (da Redação)

Foto: Reprodução/Los Angeles Times

A “People for the Ethical Treatment of Animals ”, conhecida pela sigla PETA, planeja processar o “Sea World” por alegadamente violar a décima terceira emenda da Constituição estado-unidense, a qual proíbe a escravidão. Segundo a organização, o “Sea World” estaria mantendo as orcas em parques em San Diego e Orlando, no estado da Flórida. As informações são do jornal Los Angeles Times.

O processo, a ser julgado na corte federal de San Diego, é considerado o primeiro deste tipo e, se bem sucedido, pode representar um grande avanço e fortalecimento dos movimentos dos direitos animais. Parte do processo afirma que é ilegal inseminar fêmeas artificialmente e separá-las de seus filhotes após o parto.

Representantes do “Sea World” consideram o processo apenas como publicidade barata. A PETA frequentemente se manifesta em frente ao parque em Mission Bay.

O processo procura a libertação de três orcas (também conhecidas como baleias assassinas) de San Diego e duas de Orlando. “Todas as cinco orcas foram violentamente retiradas do oceano e levadas de suas famílias quando ainda bebês”, disse a Presidente da PETA Ingred Newkirk.

Os representantes da PETA notam que a décima terceira emenda proíbe a escravidão, mas limita esta prática apenas a humanos. “Escravidão é sempre escravidão”, disse o conselheiro-geral da PETA Jeffrey Kerr.

Kasatka, Corky e Ulises estão no parque de San Diego e Tilikum e Katina no parque em Orlando. Tilikum, um adulto macho de seis toneladas mordeu uma treinadora em fevereiro do ano passado e a arrastou para o fundo da piscina, onde ela se afogou.

Num comunicado, o “Sea World” disse que estender os direitos constitucionais a baleias orcas “é sem sentido e de muitas maneiras ofensivo” e que “não há prioridade maior do que os cuidados que damos aos animais a que somos responsáveis.”

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. posso ser chamada de louca mas imaginem se um dia, os animais se revoltassem e a eles fosse dado o direito de fazer conosco o mesmo que fazemos com eles… imaginem-se numa bolha de ar no fundo do mar,sendo visto pelos peixes….ou puxando uma carroca ateh a exaustão; ter sua pele arrancada ainda vivo, ou quem sabe servir de cobaia para testes em laboratórios… Chega… manter baleias enormes em “tanques”? elas clamam por liberdade, basta de maltratar animais !

  2. Absurdo!! Esses animais não nasceram pra ficar em cativeiro e servir de atração para um bando de desocupado! Soltem esses animais e parem de visar apenas lucro através do sofrimento de um animal!

  3. Pois é, é muito bonitinho ver as orcas pulando, fazendo gracinhas, ter a oportunidade de tocar em um golfinho, mas realmente, isso não deveria existir, em nenhum lugar do mundo. Lugar de animal é em seu habitat natural. Até rimou.

  4. Eles consideram as orcas baleias assassinas o absurdo maior é confiná-las e querer que tenham comportamento humano. Gentalha que só pensa em dinheiro.Espero de coração que o Peta consiga mais essa vitória na proteção doas animais.

  5. Ja assisti esses shows em Orlando 2 vezes… Quando era pequena n tinha essa noção..
    SOU TOTALMENTE A FAVOR DA LIBERTAÇÃO DELAS!
    É IGUAL A UM CIRCO… A ONDE TEM LEÃO .. URSOS .. Q SÃO ADESTRADOS E CONFINADOS!!!

  6. Espero que sejam libertadas. Chega de cativeiro para qualquer animal. Não são brinquedos.Também tem os seus sentimentos e dor. Dou a minha força para que a Peta consiga libertá-las no seu habitat .

  7. Assim como o tráfico de drogas só existe porque tem os que as consome, esse tipo de violência só existe porque há quem se diverte em assistir esse tipo de espetáculo cruel. É muito improtante que se criem leis de proteção aos animais, mas não podemos esquecer que deve ser feito um trabalho educativo, principalmente nas escolar, para que a sociedade deixe de contribuir para o enriquecimento de alguns homens, em detrimento ao direito dos animais.

  8. Eu sou totalmente contra o cativeiro, mas, essa animais não estariam expostos a risco se forem agora libertados no mar? Acostumados com cuidados e contato humano saberiam se virar e sobreviver sozinhas no oceano :(? Sei lá, se sim… ótimo, tem mesmo que ser libertadas, mas se for para serem libertadas para morrer, acho que é preciso pensar. É preciso também lutar para que nunca mais outra baleia seja capturada para escravidão.

  9. Respondendo à Bárbara, animais que foram criados desde filhotes no cativeiro devem passar por um processo de readaptação num ambiente que imita o natural, mas pelos meus conhecimentos, nem todos conseguem voltar a se adaptar ao habitat natural. Aqui no Brasil há um centro de reabilitação para macacos que foram tirados de suas mães ainda filhotes (tráfego de animais). Esses centros não só existem para ensinar ao animal a voltar a seu estágio natural, mas para protegê-los, pois muitos deles não conseguem voltar à natureza. No caso das orcas, o que se poderia fazer, seria criar centros como esse em que elas viveriam em seu habitat natural, mas tendo a supervisão de biólogos e equipes que pudessem ajudá-los e se readaptar. E claro, acabar com esta exploração e com o tráfego desses animais. Vlw

  10. NAO É DE SE ADMIRAR QUANDO ALGUMA BALEIA ATACA SEUS PROPRIOS TREINADORES, ESTA É A ÚNICA FORMA QUE ELAS ENCONTRAM DE MOSTRAR, FALAR DO JEITO DELAS QUE ESTÃO EXAUSTAS, CANSADAS DE SERVIREM DE BRINQUEDO E DIVERSAO PARA UM BANDO DE PESSOAS QUE SE DIVERTEM COM ESTA SITUAÇÃO. SE ESTAS PESSOAS SE COLOCASSEM NO LUGAR DESSAS BALEIAS AI SIM VERIAM QUE DE DIVERTIDO NAO TEM NADA AO CONTRARIO É MUITO SOFRIMENTO. ELAS SÓ QUEREM É TER DIREITO A VIVER COMO DEUS QUER, NO HABITAT DELAS. PORQUE O HOMEM SEMPRE TEM QUE FAZER UMA BESTEIRA E IR CONTRA A NATUREZA? SEA WORLD MOSTREM QUE VOCES TEM O MINIMO DE DIGNIDADE E RESPEITO AOS ANIMAIS. PAREM DE EXPLORÁ-LOS.

  11. infelizmente esses animais não vão poder voltar a naturaza não sabe viver lá. caso que aconteceu com keiko teve anos de treinamento, a quando foi solta, não deu certo o animal só queria ficar perto das pessoas.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>