• Home
  • Cão sofre sozinho em casa vazia sem água nem comida, em Porto Alegre (RS)

Cão sofre sozinho em casa vazia sem água nem comida, em Porto Alegre (RS)

34 comments

Eleuza
eleuza9@pop.com.br

Foto: Divulgação/ Eleuza

Na rua Vitor Hugo parece que é numero 274 , Porto Alegre (RS), bairro Petrópolis,mas faz esquina com rua Ferreira Viana, tem um cão que está numa casa como guarda sozinho já faz tempo. Passo ali todos os dias. Desde a semana passada ele não está mais latindo nem levantando, fica sempre no mesmo lugar, parece que está doente. Liguei para a firma que aluga cães e eles disseram que eles cuidam bem, mas que vão providenciar, só que nada até agora.

Como alguém tem coragem de deixar um cão sempre sozinho como guarda de casa vazia? Quem tem coragem de contratar esse serviço? Ele tira o trabalho de um humano pobre e ainda sofre, pois não tem companhia e sabe-se lá quando come ou bebe água.
Devia ser proibido este serviço! Levei água ele não levantou para beber.

Por favor, ajudem de alguma forma.

Contatos no email acima.

Foto: Divulgação/ Eleuza

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Provavelmente se eles forem ate o cao ver que eles nao estar latindo mais e estar doente, eles iram sacrificar o cao por ele nao os servir mais. Nesse caso so vai mesmo quebrando esse cadeado e o tirando de lar e deixando um bilete contando o que houve para que os donos da propriedade processe a empressa a qual deve ter garantido que o cachorro iria guardar a propriedade. Vamos salvar o animal e deixar que a empresa e o dono da proriedade se entenda e se for possivel demoralizar essa empresa atraves da midia. Com certeza eles nao estao vendendo que prometem. O conceito ja e errado, mais para os que compram esse tipo de servico e saber que essa empresa nao e seria.

  2. Caca por favor me passe esse projeto.
    Eu moro em São Paulo e aqui é permitido esse tipo de coisa.
    Vou mandar p/ politico em que votei e que são ligados a causa animal.

    Temos que pressioná-los p/ que façam uma lei que proiba esse tipo de coisa em ttodo o Brasil!!
    meu e-mail é maritozatto2002@yahoo.com.br

  3. moro próximo ao local, e vejo um veículo da empresa 2 vezes ao dia no local, para trocar a agua e a alimentação o cão é Lindo e muito bem tratado ” como mostra a foto” é só olharam bem…

  4. Moro em frente ao local, vejo o rapaz tratando o cachorro 2 vezes ao dia, trocando agua e alimentando, O CÃO É LINDO , como pode-se ver na foto.acho q vcs estão falando mal da empresa errada.

  5. Gente eu conheço a empresa e sei que ela é séria. A foto não indica que o cão está doente, pelo contrário. Assim como a Cristiane, eu conversei com o Régis e ele me disse que o rapaz que trata do cão, passa pelo local duas vezes ao dia (entre 6:30 – 7:30 e entre 18:30 – 19:30) para quem quiser conferir.

  6. Engraçado que a CAROL, THAIS E GILBERTO fizeram comentarios positivos sobre a empresa no mesmo dia e em horarios muito proximos. Ou será a mesma pessoa fazendo os 3 comentarios?

  7. Na verdade os comentários positivos acima sobre a empresa podem ser tendenciosos por serem levemente exagerados, e distorcidos da realidade desses meninos trabalhadores…
    Mas se pessoas da sociedade estão comentando bem…ótimo…que seja assim…
    Mas, essa função bem pode ser desempenhada por um humano…e os cães podem ficar fora da violência urbana…
    Daí sim…enquanto um pai de família leva o sustento p/ casa, um cão brinca.
    Leis podem criar isenções, subsídios, formas de parcerias e convênios p/ compensar a diferença nas folhas de pagamentos…

  8. Independente se o cão é bem alimentado duas x dia, é um serviço que deveria ser proibido. Como um cão que vive desta maneira pode estar bem, 24 hs sozinho sem um carinho, na solidão??? Quem consegue viver desta forma??? Tenha paciência!

  9. Sou do Rio. Aqui na minha rua aconteceu a mesma coisa. MAs eles não cuidava. O bichinho era magriiiiinho. Eu e minha mãe levávamos comida e água prá ele todos os dias. Até que um dia, eu o trouxe prá minha casa. E hoje, ele está lindão comigo…

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>