• Home
  • Barragem é destruída para permitir passagem de peixes nos EUA

Barragem é destruída para permitir passagem de peixes nos EUA

0 comments

Autoridades norte-americanas começaram nesta quinta-feira (15) a derrubar duas barragens que estava atrapalhando o fluxo de peixes no Rio Elwha, no estado de Washington, no noroeste do país. O rio fica dentro do Parque Nacional Olympic e conta com uma variedade de espécies de salmão do Oceano Pacífico.

As usinas hidroelétricas de Elwha e Glines Canyon datam respectivamente de 1913 e 1927. Elas foram importantes para o desenvolvimento da Península Olympic, mas estão obsoletas, pois a maior parte da energia usada hoje na região vem do estado vizinho do Oregon. Na época em que foram construídas, ainda não se usava construir a passagem de peixes, um tipo de escada que permite que os animais subam o rio.

Represa Glines Canyon começou a ser destruída nesta quinta (15) para restabelecer o fluxo de peixes no Rio Elwha (Foto: National Park Service)

Orçada em cerca de US$ 325 milhões e com previsão de durar três anos, a remoção das barragens foi considerada a maior da história dos EUA. O projeto é um desejo de ambientalistas desde os anos 1970. A administração do parque estima que, antes da existência das barragens, cerca de 400 mil salmões subiam o rio a cada ano.

Os salmões são importantes para todo o ecossistema da região. Eles servem de alimentos para animais maiores, como ursos, e beneficiam também árvores, já que os peixes mortos fertilizam o solo.

Além disso, tribos nativas que habitam o parque nacional veem o salmão como um símbolo de sua cultura. O alto do rio, com seus salmões, é uma região sagrada para eles.

Trutas também habitam a região do Rio Elwha (Foto: National Park Service)

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>