• Home
  • Apesar de proibição, Monsaraz ameaça matar touro durante espetáculo cruel

Apesar de proibição, Monsaraz ameaça matar touro durante espetáculo cruel

10 comments

Foto: Reprodução/A Bola

A população da vila medieval de Monsaraz, no Alentejo, em Portugal, promete voltar a cumprir, no sábado (10) à tarde, a tradição de matar um touro no final de uma novilhada popular, apesar de ser um espetáculo cruel e proibido por lei.

O assassinato vai ocorrer durante as festas em honra de Nosso Senhor Jesus dos Passos, em Monsaraz, concelho de Reguengos de Monsaraz, que se realizam anualmente no segundo fim-de-semana de setembro e que incluem uma tourada (sábado às 17h30min) com a morte do último touro na arena, na antiga praça de armas do castelo.

Segundo a tradição reivindicada pela população e autarquias locais, o espetáculo cruel de tortura – de carácter amador e popular e que termina com a morte ritualizada do touro no final da lide – realiza-se desde 1877, de forma ininterrupta.

No entanto, a Inspeção Geral das Atividades Culturais (IGAC) voltou a recusar, pelo décimo ano consecutivo, a ‘autorização excepcional’ para o espetáculo com touro de morte, proibido por lei, disse hoje à agência Lusa fonte do organismo.

A população garante, contudo, que a tradição que reivindica vai voltar a ser cumprida no sábado, apesar da proibição e de decorrerem ações administrativas nos tribunais relativas a anos anteriores.

Com informações do DN Portugal

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Que tradição mais estípida e sem sentido! Jesus não precisa que matemos um animal, que também é seu filho, para honrá-lo. Que atitude mais ridícula.
    Bom, gostaria de saber onde estão as autoridades deste lugar, onde estão as autoridades do mundo!
    Quem reverencia este tipo de festa não passa de um pobre de espírito e desprovido de amor no coração!

  2. “Não me interessa nenhuma religião cujos princípios não melhoram nem tomam em consideração as condições dos animais.”

  3. Agora entendo por que os ateus estão se multiplicando. As religioes são tao contraditorias! Como podem achar que Deus aprova estas crueldades????

  4. eu disse e volto a repetir NAO GOSTO DE TOURADAS , acho duro e cruel Eles vao porque querem o os Touros !vao porque, sao obrigados e nao por vontade propria .,.Basta de tanta barbaridade

  5. Eles querem brincar ? Então brinquemos todos!
    Que nenhum amigo dos animais compre mais uma só garrafa de vinho de Monsaraz e dos arredores , e que boicote todos os restaurantes que o mantenham na carta!
    Não façamos concorrência aos bêbados locais, bebendo-lhe o vinho que eles consomem na praça de toiros!
    Por mim é coisa feita! Guardo para cozinhar as garrafas de Reserva que ainda cá tenho, e não voltarei a dar o meu dinheiro a esses indivíduos.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>