• Home
  • Mônica Waldvogel defende as touradas durante programa Saia Justa

Mônica Waldvogel defende as touradas durante programa Saia Justa

59 comments

Por Lobo Pasolini (da Redação)

"Quando eu fui, pela primeira vez, a uma tourada na Espanha eu gostei", afirma a jornalista Mônica Waldvogel.

Em um dos últimos episódios do programa de TV Saia Justa, a apresentadora Teté Ribeiro levantou o debate sobre rodeios, que serviu de gancho para uma conversa sobre touradas. Teté disse a coisa certa. O bezerro que morreu em Barretos foi ‘assassinado’ e ela expressou a opinião de quem entende do assunto: que esporte não pode ter a participação involuntária de um ser vivo porque para um animal não humano aquilo não significa absolutamente nada. Sua opinião foi clara e direta.

Foi então que entrou no debate a jornalista Mônica Waldvogel, que disse não gostar de rodeios por estes serem ‘cafonas’, mas que amou a tourada a que assistiu na Espanha. Além de ter expressado uma opinião negativa em relação aos animais, é muito constrangedor ver uma jornalista conhecida se expressar tão mal e de forma tão tosca como ela o fez. Mônica admite que não sabe por que gostou das touradas, apenas jogou no ar algumas palavras aleatórias como ‘tradição’, ‘ritual’, de forma fragmentada e sem nexo, para dar alguma base intelectual à bobagem que disse.

Felizmente a opinião geral da maioria foi contrária a esses dois tipos de crueldade contra animais discutidos. A atriz Camila Morgado ficou mais ou menos na dela e Eduardo Moscóvis deixou claro como ele acha repugnante as touradas e os toureiros. Mônica ficou mal na fita e, se ela for uma pessoa inteligente, esse não foi um dia em que ela expressou isso muito bem.

Um dos problemas hoje em dia na mídia de massa é o que em inglês se chama de ‘punditry’ – um tipo de ‘opionismo’ sobre temas acerca dos quais as pessoas em questão não sabem nada, ou pelo menos não mais do que o espectador ou leitor. Em geral são opiniões pessoais de leigos com uma aura beatificada de opiniões especializadas.

O debate é bom, mas as pessoas precisam aprender que, quando ao emitirem suas opiniões na mídia, elas têm uma responsabilidade de contribuir para o debate e assumem também um compromisso com a ética. Não vale a pena criar simplesmente mais ruído eletrônico.

Assista ao debate:

About the Author

Follow me

Blogger, jornalista, videomaker, ativista vegano.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Pessoal vamos mandar muitas mensagens para o twitter desta imbecil. Deveria ter ficado calada. @MonicaWaldvogel

  2. A Monica não gosta de rodeios só porque é cafona!
    A Monica gosta de touradas porque é tradição, um ritual!
    Em nenhum momento ela tem pena do animal acuado, machucado?
    O que a Monica pensa que é a vida?
    O quanto a Monica pensa que vale a vida?
    Quanto a Monica pensa que ela vale?

  3. Como uma pessoa ignorante desse pode ser jornalista? Por essa e outras a profissão está cada dia mais desvalorizada. Percebe claramente que uma pessoa dessa não tem a mínima compaixão pelos animais… não acompanha rodeios simplesmente pq são “cafonas”? Além de tudo é elitista… acha que o que é de fora que é bom, independente da crueldade. Um ZERO BEM GRANDE pra vc Monica Waldvogel… se um dia enfiarem lanças em você, você vai ver como tourada é legal.

  4. Até no UFC tem categoria para os caras lutarem de igual pra igual de acordo com o peso.

    Animal em partidas nunca será esporte. Esporte é quando está de igual pra igual.

  5. Sinceramente, eu acho que ela foi muito infeliz no comentário e ao mesmo tempo muito sincera, porque se existe até hoje touradas na Espanha, rodeios aqui, ou sei lá o que aonde, é só porque existe platéria e se seres humanos se prestam a isso, com certeza é porque são animalescos, brutos, insensíveis. E isso todos nós temos um pouco. Muitos veganos, defensores de animais protegem os animais, mas são animais em suas casas, no seu trabalho, com os seus familiares ou colegas de trabalho, ou na maneira de impor suas idéias. Sou vegana, mas se quero que me respeitem e respeitem o que penso, com certeza preciso respeitar o que os outros pensam. Se fala em Educação Ambiental, que tal uma campanha Educação Sentimental? despertar os sentimentos BONS nos seres humanos. Não é avacalhando a Monica que vamos ser melhores que ela na sua sincera insensibilidade ao sofrimento dos animais.

  6. Essa Mônica realmente perdeu a noção total. Me diz onde está a graça nisso? Que loucura, onde vamos parar???!!!!! Uma pessoa culta , instruída dizer que gostou da tourada???????? Que mundo ela vive????? Acorda Mônica Waldvogel !!!!!!!

  7. comentário 34. CAMILA. tentei ler seu email, mas seu facebook é fechado. deixa as fotos com cadeado, mas libera as mensagens. eu por exemplo nao tenho facebook mas gostaria de ler sua carta.

  8. parabéns ao ANDA por ter coragem de defender os animais mesmo que isso lhe custe amizades, pois a silvana andrade era jornalista da Globo e certamente isso vai lhe custar amizades, e o proprio Lobo tendo a coragem de dizer tudo que foi dito em relação ao postura dela (fosse o assunto que fosse).

  9. “opiniões pessoais de leigos com uma aura beatificada de opiniões especializadas.”

    sim com toda certeza! mais acesso a informação e esclarecimentos que essa mulher sempre teve, só se ela tiver uma linha direta com o papa e outra com o obama.

    a vida dos outros não é brincadeira não. mas felizmente tem gente com coragem de trazer esclarecimentos. pois esse programa passa no canal aberto viva dependendo da cidade é um numero, eu por exemplo nunca ia achar que ela estava errada, ia achar “ela é equilibrada, inteligente, sabe o que diz”. coisa nenhuma. sai pra la. so mesmo falando como a valeria vasquez please dont touch me know dont take my breath away kjuyfyuifoeed fswf ergwr we wewewe volta pro mar oferenda. uuuuããã!

  10. COMENTARIO 131. Ana Claudia Facin

    oi… tem certeza que você é vegana? tem certeza mesmo ou você não abre mão do queijinho, do mel…

    pra mim você deve ser lacto-ovo-mel-lã-couro-pesco-pollo-carne-vegetariana.

    ninguem AVACALHOU a monica nao. A monica nao tem moral pra ser comparada a uma vaca.

    alias, vai aprender a usar o portugues corretamente, voce esta manchando a imagem dos animais usando as expressões como avacalhar, ou xingar alguem pejorativamente usando o nome de um animal feito dizer que alguem é burro. Nao percebe o deserviço que voce esta causando a causa animal?

    educação sentimental…. ah é impossivel falar qualquer coisa com voce. alias nem quero me desgastar com quem nao merece.

    e por ultimo ela nao foi infeliz no que disse. ela é formada em nivel superior, ela nao sofre de tourete e sai falando palavrão sem controle, e ela tem muitas decadas de jornalismo. ela nao é comediante que arriscou uma piada que beirava o limite ou não da ofensa. aqui nao cabe falar em ter sido infeliz numa frase. pois o que se estabeleceu ali foi um discurso, um dialogo, nao uma frase destacada do contexto. e ela tem acesso ao tema do programa antes dele ir no ar. ah e ela ganha muitíssimo bem, acho que isso deve ser dito, é pertinente. é de um egoísmo ímpar.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>