• Home
  • Centenas de aves são mortas por envenenamento e caça na Espanha

Centenas de aves são mortas por envenenamento e caça na Espanha

1 comments

Por Danielle Bohnen (da Redação)

Centenas de aves são capturadas todos os anos na Espanha, com uso de veneno, o “parany” (espécie de armadilha que consiste em colocar varas de madeira entre os galhos das árvores com substência aderente, as aves quando pousam ficam presas e acabam caindo no chão, quando são capturadas) e a caça, entre outras práticas cruéis, segundo mostra um informe apresentado pela SEO/Birdlife em uma conferência europeia sobre a caça de aves em Chipre.

Divulgação

O documento contém informação sobre as práticas de captura em 38 países europeus, atividade que de maneira geral, vem aumentando na última década.

O controle de predadores, a caça como “esporte” e o comércio de aves, são os principais motivos para a captura dos animais, segundo estudo realizado pela Birdlife Internacional, que cifra entre 120.000 e 430.000 indivíduos capturados ou mortos na Espanha.

Uma das práticas que mais preocupam a organização, é o “parany”, uma atividade comum em Catellón, ao norte de Valência, entre Tarragona e Aragón. A prática consiste em capturar aves quando pousam nas árvores, com armadilhas cobertas de cola.

A Birdlife denuncia que o “parany” é considerada uma “técnica de caça massiva e não seletiva”, por várias instituições jurídicas, como o Supremo Tribunal espanhol e o Tribunal de Justiça das Comunidades Europeias.

“Apesar de ser uma prática ilegal na Espanha, a cada ano, centenas de aves protegidas são capturadas e morrem em mais de 1.800 ‘paranys’, que estão distribuídos pela região”, afirma a organização.

De acordo com a diretora da Birdlife, Asunción Ruiz, “esperamos que os governos dediquem os esforços necessários e de forma eficaz para erradicar tais práticas de seus respectivos territórios e que a justiça persiga os infratores. E os cidadãos deveriam aplicar tolerância zero com essas práticas”.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>