• Home
  • Animais são encontrados em péssimas condições dentro de trailer

Animais são encontrados em péssimas condições dentro de trailer

3 comments

Por Natalia Cesana (da Redação)

Foto: The Blade/Lisa Bernheim

Funcionários da Sociedade Humanitária de Toledo, no Estado de Ohio (EUA), apreenderam 22 cães, um gato e um pássaro em um trailer parado num camping, depois que vizinhos se deram conta da superlotação de animais dentro de um espaço tão pequeno e em condições deploráveis. Segundo informações do jornal Toledo Blade, um dos cães estava morto.

Os cachorros, entre raças pequenas, como chihuahuas, e grandes, foram postos para fora do trailer pelos vizinhos, a intenção era que fossem resgatados no quintal. Um papagaio africano cinza foi pego por um morador.

Os animais estavam em mau estado físico. Um dos cachorros estava com uma lesão ocular grave e os outros com o pelo todo emaranhando. Além disso, o chão do trailer estava coberto por uma camada de 10 cm de fezes.

“Era um pesadelo. Eles cheiravam tão mal que eu abraçaria um gambá mas não aqueles cachorros”, disse Vickie Wisniewski, zeladora do camping. Ela informou ainda que o trailer pertence a Sheila Ortmann, uma ‘colecionadora’ de cachorros de cerca de 50 anos. A dona do trailer não mora ali e raramente aparece.

Duas semanas atrás, os vizinhos começaram a se queixar do barulho e do forte cheiro que vinha do trailer e logo ligaram para a Sociedade Humanitária. “Imaginei que estava acontecendo algo”, disse Wisniewski.

A zeladora ficou fora de seu trailer por toda a noite porque estava com medo que os cachorros fossem recolhidos antes que a Sociedade Humanitária chegasse. Mas às 2 da madrugada Wisniewski viu alguns vizinhos indo até o trailer e removendo os animais de dentro. Os cachorros estavam famintos, pois não havia nem comida nem água para eles. “Eles beberam dez baldes de água em 20 minutos e comeram quase dois quilos de comida trazida por um dos vizinhos”, contou Wisniewski.

Heather Blankley, de 29 anos, e sua parceira, Jesse Bais, de 31, que moram em frente ao trailer de Sheila Ortmann, disseram que sabiam que havia cães ali dentro, mas que ficaram surpresos quando descobriram quantos eram. Eles contaram ainda que sentiram um cheiro muito ruim, de carniça, vindo dali na semana passada. “Ficamos sentindo esse cheiro por quatro dias”, disse Blankley.

O casal contou ainda que eles encontraram rapidamente a dona do trailer um dia e ela se ofereceu para tomar conta dos dois cachorros deles. “Ela parecia uma pessoa decente, mas depois disso… as pessoas realmente podem fingir. Ela se comportou como se estivesse preocupada, mas óbvio que ela não estava”, completou.

Sheila Ortmann não foi encontrada para comentar o caso.

Não é a primeira vez que funcionários da Sociedade Humanitária são chamados para investigar a mulher. Ano passado ela já havia recebido uma advertência porque estava mantendo muitos cães. Na época, não foi encontrado nada que merecesse um processo criminal, mas os funcionários a aconselharam a limpar o local. A zeladora Vickie Wisniewski acusa Sheila de esconder alguns dos cães para que a Sociedade Humanitária não visse quantos na realidade ela tinha. Em janeiro, ela foi acusada de não vacinar os cães contra raiva.

Por enquanto, os cachorros ficarão sob os cuidados da Sociedade Humanitária e serão levados para um abrigo até que o caso se encerre. “Vamos dar banho, tosar os pelos e oferecer tratamento veterinário para aqueles que estão doentes”, disse Jonh Dinon, diretor da Sociedade.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. toledo é uma cidade de ohio que fica perto de logan, tambem em ohio. em logan, tb é comum as pessoas viverem em trailers, e dividirem o gramado/jardim de uso comum a todos trailers. só que basta o cão de um ser agressivo com o vizinho, que a policia leva o cão embora por uma semana. nesse caso de toledo, houve total omissa da policia, esse pessoal da spca e ushs está sendo preocupado em conseguir abrir processo criminal. deviam se preocupar com a prevenção. a culpa foi não só da zeladora do camping, ou seja, pelo cargo dela, ela tem um bom nivel de ingerencia sobre isso, mas tambem da policia. deixaram chegar a esse estado por que quiseram. e é culpa do governo tambem em cidades como pleasantville e lancaster os moradores recebem por mes 1.300 dolares de beneficio por estarem desempregados, quando então o governo em vez de dar esse dinheiro a troco de nada, deveria dar capactiação e criar mais cargos pagos para a proteção animal.

  2. não entendo porque os jornais locais não se preocupam em educar a população. a nivel nacional talvez seja incabivel esticar a materia, mas a nivel local seria muito benefico e preveniria novos casos dramaticos.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>