• Home
  • “Lojas Marisa” vendem cachecol de pele de animais como sendo 100% poliéster

“Lojas Marisa” vendem cachecol de pele de animais como sendo 100% poliéster

35 comments

Ativistas da PEA tiveram contato com um produto que despertou curiosidade! Traz etiqueta informando composição 100% Poliester, mas, apresenta aspecto de pele verdadeira. O assunto já caiu na internet e está sendo debatido pelas redes sociais Facebook e Twiter. O fato aconteceu em uma loja da rede Marisa.

A fundadora da PEA e médica veterinária, Dra. Gabriela Toledo, foi pessoalmente a uma loja e verificou o produto constatando tratar-se de pele verdadeira, possivelmente de coelhos.

“A pele verdadeira difere em alguns aspectos da pele sintética, a textura e a base dos fios onde é couro são os principais pontos que podem ser observados a olho nu. Quem tem familiaridade com o assunto, irá distinguir rapidamente. Mas, para evitar qualquer dúvida, realizei alguns testes laboratoriais e constatei que o produto realmente é feito de peles verdadeiras de animais, o que é lamentável”, disse a Dra. Gabriela Toledo.

O produto foi fabricado na China, é vendido em toda a rede de lojas da Marisa, traz a etiqueta de 100% Poliester, mas é de pele de animais.

A rede Marisa será contatada para explicar o caso. Enquanto isso, consumidores se sentem enganados e sugerem denuncia ao Procon e até boicote à rede de lojas.

A PEA acompanhará o caso.

Protesto

Escreva para a MARISA pedindo a retirada desse produto das lojas. Além de produtos feitos com pele de animais serem frutos de crueldade, o que a MARISA está fazendo é propaganda enganosa:

Contato: sac@marisa.com.br

Abaixo estão as fotos utilizadas na análise microscópica comparativa:

Divulgação/ PEA
Divulgação/ PEA

Resposta da Marisa enviada pelo email do sac:

“Agradecemos o contato.

A Marisa realiza testes rigorosos de qualidade e conformidade, por amostragem e estatística, com o objetivo de monitorar a procedência e a qualidade de seus produtos.

A respeito do material utilizado em um determinado modelo de cachecol, a Marisa esclarece que comprou as peças de seu fornecedor como sendo 100% poliéster, tal como menciona a etiqueta. Por conta das dúvidas, a empresa solicitou novo laudo técnico para confirmar a composição das peças, que será divulgado tão logo seja concluído.

A companhia ressalta que repudia qualquer tipo de aplicação e utilização de pele animal em suas peças.

Sac Institucional
Marisa Lojas S/A
sacinstitucional@marisa.com.br ”

Fonte: PEA

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu não uso nenhum tipo de roupa feita com pele, NEM SINTÉTICA! É um absurdo e falta de bom gosto, mesmo pele falsa, pois indica que a pessoa está no fundo, querendo usar qq uma. Essas jaquetas que vemos todo instante pessoa usarem, com gola de pele, são horrorosas! E na sua origem está o sofrimento animal, pois só de terem vindo da china, não nos deixa iludidos: são de pele verdadeira mesmo!

  2. Ta na cara que e pele de animal ! vindo da China, ui odio este pais, todos os paises deveriam boicotar todos os produtros da China e o pais mais cruel que existe em relaçao aos animais eles nao tem respeito nenhum por eles quando sera que chegara o dia que eles vao acabar com isto !!!!!!!!!!!

  3. Ana, que escreveu o primeiro comentário: pele verdadeira não é necessáriamente muito cara. Os chineses usam pele de qualquer animal que pegam nas ruas. Pele de cães são barataas, pois são animais que geralmente nascem e vivem nas ruas. Para os cruéis fabricantes essas peles não custam nadinha!

  4. O Ministério Público poderia muito bem ajuizar uma ação pedindo dano moral coletivo em razão da falsa informação praticada pela loja, pois além de utilizar peles verdadeiras em descaso com os animais, também está lesando milhares de consumidores Brasil à fora.
    Vamos acompanhar o caso e ver se o Ministério Público ao menos tomará alguma providência em relação ao lastimável caso.

  5. comentarios sao muito invazivio mais isso pode ser muito ruim para a rede. coitadinho dos animais imagina se a moda pega .de homem pra mulheres 67324669

  6. Acredito na conivência da loja pois dá pra perceber a diferença vou enviar a carta de indignação uma loja considerada de produtos populares facilmente engana seus consumidores que talvez nem estejam preocupados com isso. Na loja ETNA da Av.Roberto Marinho também ví produtos muito semelhantes a peles de animais confesso que me arrepio ao tocá-las devemos ficar atentos gostaria que fosse feito uma checagem por especialistas como a veterinária acima citada.

  7. Celeste estou com voce se não houver retaliação por parte do MP nada adiantará, se for preciso precionar o faremos não dá mais para sermos feitos de bobos consumidores imbecís.

  8. se a loja realiza testes rigorosos de qualidade, o que foi q aconteceu com esse? cade o laudo? foram omissos ou fizeram vistas gtossas em nome de dinheiro.
    loja marisa apresente o laudo!!!! caso contrário aceitarei que vcs foram anti éticos, incompetentes e agiram de má fé.

  9. se há um “teste rigoroso” em q momento ele é feito antes da compra ou qd alguem qd compra percebe irregularidade?

  10. SÓ NÃO COMENTARAM O PQ DE COMPRAR NA CHINA PARA VENDER NO BRASIL !!!

    ESSES MALDITOS CHINESES SÓ NÃO USAM A PELE DELES PQ NÃO DÁ LUCRO !!!!

    Prezada Karen!
    A Marisa informa que a análise do cachecol importado, objeto de denúncia com relação à sua composição e procedência, confirmou que o material é de origem animal. O laudo técnico emitido pelo SENAI concluiu que o produto é pele animal (coelho), diferente do que foi comprado e do que constava na etiqueta.
    A diretoria da Marisa determinou o recolhimento do produto de todas as suas lojas. A Marisa informa, ainda, que já contatou seu fornecedor solicitando esclarecimentos a respeito do ocorrido, já que jamais foi intenção da empresa comercializar qualquer produto dessa natureza.
    A empresa conta com procedimentos competitivos e alinhados com os padrões de mercado para controle de qualidade e procedência de seus produtos. Como parte do processo de melhoria contínua, a Marisa está revisando o processo de controle da composição dos produtos que são negociados pela empresa, a fim de tornar estes procedimentos mais eficientes.
    As clientes que adquiriram a peça e se sentiram de qualquer modo lesadas ou ofendidas em sua moral e princípios poderão se dirigir a qualquer uma de nossas lojas com a peça, independente do seu estado, para devolução do valor.
    A Marisa ressalta ainda que repudia qualquer tipo de aplicação e utilização de pele animal em suas peças.

    Sac Institucional
    Marisa Lojas S/A
    sacinstitucional@marisa.com.br
    http://www.marisa.com.br

  11. Eu mandei um e-mail colocando tamanho de minha decepção!
    Eu odeio quem maltrata os animais!
    Sou totalmente a favor de banir essas pessoas!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>