• Home
  • Gaivotas são capturadas com armadilhas na Austrália

Gaivotas são capturadas com armadilhas na Austrália

2 comments

Por Karina Ramos  (da Redação)

Foto: Wikipédia

Detetives estão investigando o que acreditam ter sido dois atos de crueldade nos Jardins Carlton (Melbourne), depois que três aves foram encontradas presas em armadilhas feitas com cordas, no último sábado (28).

Bombeiros e policiais foram chamados para os jardins  por volta das 20h. Eles encontraram três gaivotas emaranhadas em cordas e penduradas em árvores, segundo informações da Animal Concerns.

A polícia já havia sido chamada 18 horas antes aos jardins para resgatar outra gaivota que também estava presa e estressada.

As aves que precisavam de tratamento foram encaminhadas ao Hospital Animal Lort Smith.

O ativista pelos animais Hugh Wirth disse que estava alarmado com o número crescente de ataques contra animais no Estado de Victoria, incluindo possuns, cangurus, cisnes e galinhas. “Há uma tendência cada vez maior no registro de casos desse tipo. Os pais não podem simplesmente transferir a responsabilidade  pela educação de seus filhos em relação ao respeito pela vida para a escola e para outras pessoas”, disse Hugh.

Quem for morador da região e souber de informações que possam levar ao autor (ou autores) dos crimes pode entrar em contato com os “Crime Stoppers” (Inibidores do Crime) pelo telefone 1800 333 000 ou através do site www.crimestoppers.com.au .

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. A AUSTRÁLIA impressiona por atitudes ambíguas quando aos animais.
    PARABENIZAMOS seus militantes pelos direitos animais, são dos mais ativos no mundo.
    NO ENTANTO, a luta dos que são a favor das espécies não humanas será prolongada e exigirá persistência.
    A FORMAÇÃO do povo de lá vem de gente aventureira, caçadores, criadores de bois e carneiros, gente que tem uma cultura de matança de animais.
    O BRASIL não é diferente, somo latinos e ibéricos, descendentes dos Romanos, com seus circos, dos Portugueses e Espanhois, com suas touradas.
    EM CADA nação, em cada canto do mundo, um tipo de ser humano está surgindo, aquele tipo que tem compaixão pelos seres senscientes de outras espécies.
    ISTO não é mágica, o humano, matador, devastador, torturador é também capaz de ter compaixão, solidariedade para com outros seres.
    COMO isto não está associado a nenhuma raça, a nenhuma cultura, sempre que houver ocasião propícia, o tipo humano compassivo vai aparecer e lutar contra as crueldades.
    O FUTURO da humanidade será fortemente atingido pela militância dos Abolicionistas animais.

  2. Agradecia por favor que citasse o autor da foto da gaivota, sendo que o autor cedeu a foto em Creative Commons CC-BY-SA (Attribution Share Alike). Isto significa que pode usar a foto livremente, tendo APENAS DE CITAR O SEU AUTOR. E o autor NÃO É a wikipédia, é quem tirou a fotografia!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>