• Home
  • Ativistas pelos direitos animais se mobilizam contra Novo Código Florestal e Usina de Belo Monte

Ativistas pelos direitos animais se mobilizam contra Novo Código Florestal e Usina de Belo Monte

6 comments

(da Redação)

No próximo fim de semana, coincidindo com o Dia Mundial do Meio Ambiente (5), ativistas pelos direitos animais se mobilizarão em todo o país para protestar contra um dos maiores retrocessos ambientais prestes a entrar em vigor: a aprovação do Novo Código Florestal e a liberação da construção da Usina de Belo Monte.

O texto do Novo Código Florestal, de autoria do deputado Aldo Rebelo (PCdoB) , já foi aprovado pela Câmara de deputados no último dia 25 de maio (clique aqui para ver a lista de votos de cada deputado) e, após discussão e possível aprovação no Senado, será submetido à aprovação ou veto da presidente Dilma Rousseff.

Entre os principais pontos vergonhosos do novo texto estão a consolidação e o aumento da área permitida para desmatamento e a anistia para desmates ilegais ocorridos desde 1965 até 2008, deixando escancarada a impunidade para quem comete crimes ambientais. Os únicos beneficiados são os agropecuaristas, representados pela bancada ruralista da câmara a quem Rebelo dedicou o novo texto do Código Florestal por ele elaborado.

Caso o Novo Código entre em vigor, os impactos negativos sobre a fauna brasileira – como redução e extinção de milhares de espécies – poderão ser sentidos já nos próximos cinco anos. A análise foi feita por cientistas que discutiram o projeto e avaliaram que a ampliação do desmate nas áreas de preservação permanente (APPs – encostas, vegetação litorânea e margens de rios) prejudicará diretamente os animais que dependem dessa mata para sobreviver, tanto os terrestres quanto os peixes que se alimentam do material orgânico ali disponível. Mais de 22 milhões de hectares de mata nativa estarão autorizados a ser devastados, provocando consequências drásticas e irreversíveis. Com as florestas arruinadas, animais desaparecerão e a pecuária terá cada vez mais ocupação nessas áreas – outro nefasto processo de incentivo ao aumento do consumo de carne, explorando e matando mais animais, numa atividade insustentável para o planeta, para a saúde humana, para os animais vítimas desse indústria do lucro e para a fauna e a flora que terão de dar lugar ao pasto.

A liberação da construção da Usina de Belo Monte, no rio Xingu (PA), também é alvo dos ativistas por prenunciar outra uma tragédia. O impacto ao ambiente, aos animais e às comunidades indígenas é violentamente avassalador. A formação de um lago de 600 km2, sobre área de mata virgem e de altíssima riqueza de biodiversidade, deixará sem destino os animais que habitam a área a ser alagada (centenas de espécies, milhares de espécimes), já que não há uma política de proteção da fauna nessas ocasiões, nem um planejamento para o salvamento e o encaminhamento dos espécimes recolhidos que, em sua maioria, são enviados para a pesquisa ou para as mãos dos taxidermistas. Hoje (1 de junho) o Ibama emitiu a licença para a instalação da hidrelétrica, o que autoriza o início das obras nas barragens.

Diante desse veredicto de morte de um número incalculável de vítimas entre animais humanos e não humanos, ativistas estão se mobilizando em todo o Brasil para um protesto simultâneo no próximo fim de semana (dias 4 e 5 de junho). A mobilização e a pressão sobre o governo brasileiro são fundamentais e determinantes, para reverter o quadro que se delineia com a aprovação de um Novo Código Florestal e um empreendimento que significarão, juntos, um desastre ecológico sem precedentes na história do Brasil.

Várias cidades já aderiram à mobilização, conforme pode ser visto a seguir. As cidades que organizarem eventos nos próximos dias terão seus dados divulgados nesta lista:

Porto Alegre – RS
Sábado, 04/06
Largo Glênio Peres – 17h – vamos marchar até a praça da Matriz.

Vitória – ES  (a confirmar)
Sábado, 04/06
3ª Ponte – Pedágio -17h
Vitória, Espírito Santo

Franca – SP
Sábado, 04/06
Praça da Matriz, Centro.
14h30 – 16h30.

São Paulo – SP
Domingo, 05/06
Em Frente ao MASP, na av.Paulista – 14h
Facebook

Rio de Janeiro – RJ
Domingo, 05/06
Posto 9, Ipanema – 14h30 às 17h30

Curitiba- PR
Domingo, 05/06
Parque Barigui – 14h30

Taubaté – SP
Domingo, 05/06
Praça Santa Terezinha – 10h
Vestidos de preto para marcar posição contrária ao Projeto.

Florianópolis – SC
Sábado, 04/06
Trapiche Beira-Mar – 10h

Visite a página para divulgação e adesão no Facebook .

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Vergonha total esse país de merda chamado brasil que eu escrevo com letra minúscula fede começando pelo povo que não passa de uma ralé acéfala totalmente alienada e manipulada pela mídia totalmente ignorante e sem cultura aqui é a política do pão e circo é só merda de carnaval e merda de futebol me enoja morar num país como esse e ter que conviver rodeado por esses entorjados que são o povo brasileiro o resto de uma das poucas coisas que eu gosto daqui que são a natureza a fauna e a flora estão sendo dizimadas brutalmente e serão totalmente eliminadas em alguns anos por isso nós as pouquíssimas pessoas que lutam por essa causa tão nobre devemos protestar nunca devemos nos calar devemos boicotar toda essa barbárie nem que para isso haja derramamento de sangue!

  2. Pecuarista e madeireiros não se importam com nada e ninguem só com eles mesmos,o Brasil não é deles e sim de todo povo brasileiro,como pode os deputados q nada fazem e quando fazem algo com certeza não é pelo povo aprovar um absurdo desses com certeza roulou muita grana e como sempres pra esees idiotas é o que interessa,lembrando que esses imbecis estão lá porque o povo brasileiro não sabe votar se deixa manipular, deveria ser feita algo na internet pra mostrar ao mun do o que vai acontecer, o povo brasileiro é acéfalo sim, acho que deveria ser feito algo pro mundo saber, pecuaristas tem o dinheiro manchado de sangue dos animais que matam,um dia ELES VA~MORRER LEVARÃO A RIQUEZA JUNTO OU DEIXARÃO PRA GAstarem tudo,esse riqueza não significa nada é feita com dor sangue e morte;

  3. Pecuaristas, tem dinheiro manchado de sangue dos animais inocentes que matam é isso mesmo!!!
    Dinheiro que eles ganham é de crueldade feita de dor e sangue!! Dor,gemidos e sangue e muita covardia em manipular, explorar e matar a natureza . Esses estômagos humanos são piores que dos animais selvagens.Estão destruindo a terra com o cemitério na barriga e a ganância cruel…Estômagos dessas criaturas que se diga humana é pior do que dos animais selvagens .
    Quando essa raça irá despertar de todos os dejetos ruins que lançam no planeta terra?
    Ou será que persistirão até os últimos recursos acabarem?
    Eta raça cruel,que só pensam em desrespeitar a vida , carregar o estômago de cadáveres de seres inocentes e acabar com a mãe terra..

  4. PARECERIA inadequado, diante da possibilidade evidente de catástrofes que podemos prever facilmente, falarmos nesta altura em concepções do Universo.
    NO ENTANTO, toda ação é precedida pela idéia, cada movimento do nosso corpo teve um planejamento no cérebro, embora não prestemos atenção nisto.
    ESTAMOS constando como é importante um sistma de valorer bem fundamentado, tanto para a Política como para a Ética.
    ESPANTA-NOS a união de Aldo Rebelo com os Ruralistas, já que estes últimos são portadores de idéias de direita e até de extrema direita, enquanto Aldo Rebelo sempre se mostrou como inimigo e opositor dos ruralistas.
    PORÉM, quando se trata de devastar o Planeta a favor do humano e torturar animais, para o mesmo fim, vemos que tanto a Direita como a Esquerda de dão as mãos, como velhos amiguinhos.
    QUAL A razão disto.
    É QUE tanto o liberalismo, desde a Revolução Francesa, como o Socialismo, são ANTROPOCÊNTRICOS.
    FALTA uma concepção do mundo que conceba de modo sério direitos aos seres não humanos e e ao meio ambiente.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>