• Home
  • Le Lis Blanc reafirma que vai continuar usando pele de animais

Le Lis Blanc reafirma que vai continuar usando pele de animais

0 comments

(da Redação)

Apesar dos protestos de defensores de animais e consumidores da marca, que estão mobilizados pelas redes sociais (Facebook e Twitter), a Le Lis Blanc insiste em continuar usando peles de animais em suas peças. A Iódice, Arezzo e Colcci conscientes da crueldade que representa o uso de peles verdadeiras, num gesto de respeito ao consumidor e principalmente à vida dos animais, retiraram das prateleiras todas os produtos feitos com peles de coelhos, raposas, chinchilas.

A arrogância e inconsciência da Le Lis Blanc, que encontra-se na contramão da atitude de grandes marcas nacionais e internacionais, divulgou um comunicado oficial, pela sua página no Facebook, reafirmando o uso de pele de coelho em sua coleção com argumentos desprovidos de qualquer ética e compaixão. Tratando os animais como simples mercadoria, como se trata o barro para fazer cerâmica. Veja abaixo da Le Lis Blanc aos protestos:

A sociedade precisa continuar se manifestando como vem fazendo pelo Twitter e Facebook. A violência, a crueldade, o sofrimento,a dor não podem estar na moda.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. quando um assassino mata um ser humano ele usa a mesma justificativa que a le lis merda usa para usar a pele de um animal.

  2. brasileiro é caipira , não tem criatividade e só copia os americanos o Brasil é tropical fabrica malha de lã lindas esquenta muito bem, mais as tontonas vão atras de péle para afirmar personalidade que não tem, em cima da péle dos animais, credo

  3. Só lamento a tamanha ignorância associada a uma empresa tão conceituada. Possivelmente tal coneito esteja estabelecido por falta de conhecimento dos clientes. Que certamente naum sabem de tamanha crueldade. Pena, só consigo setir pena dessas pessoas ignorantes. =/

  4. É muito triste que seres humanos que acham superiores ainda se encontram na pré-história!Tem tanto tecido tecnológico,tanta diversidade para a mulherada!Deixem os animais em paz!Entrem no século 21!

  5. Concordo. Acho que o IBAMA , assim como varios institutos do Brasil,meros cabides de empregos,precisam passar por uma auditoria com a maxima urgencia, para que empresas como essa pervertidas e pateticas,naum continuem se respaldando nas normas de orgaos corruptos para exercer livremente sua crueldade, ganancia e cinismo.Boicote a todos eles! A sociedade brasileira começa a se organizar e moralizar essa pouca vergonha!

  6. Sei lá, mas nesse caso, se as peles vêm de animais abatidos para alimentação, não vejo problemas. Afinal, iriam para o lixo de qualquer forma. Se formos repreender essa prática, então não poderemos mais comprar carros com banco de couro, jaquetas e bolsas de couro legítimo. Então porque são bois podemos usar pele, mas coelhos não? hehe se a origem é a mesma, não vejo problemas.

  7. Deixem de serem frescos, leiam a matéria CORRETAMENTE. O pêlo de coelho vem das industrias que comercializam carne desses coelhos, sendo assim, estão reaproveitando ao máximo o conteúdo do animal, acho que até estão aproveitando os pés de coelhos.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>