• Home
  • Apresentador prova órgão genital de vários animais durante programa de TV

Apresentador prova órgão genital de vários animais durante programa de TV

0 comments

Por Lobo Pasolini  (da Redação)

Álvaro Garnero provou pênis de diferentes animais para seu programa (Foto: Divulgação)

Um tal de Álvaro Garnero, de quem eu nunca havia ouvido falar, foi para a China comer pênis de cavalo, jumento, touro, veado etc, em nome do entretenimento, conforme publicou recentemente o site do Terra.

Garnero apresenta um programa chamado 50 por 1, que pelo que deu para perceber pelos vídeos do YouTube, se trata de um programa de variedades rodado em várias localidades e apresentado em tom populista.

Ele provou as ‘iguarias’ durante um festival gastronômico na China, segundo uma matéria publicada no portal Terra. Bom, o objetivo aqui não é começar com uma enxurrada de críticas a China e sua gastronomia, porque no ocidente se comem até mais animais do que lá. A questão é o uso de animais como um chamariz para um programa de televisão.

A maneira como é contextualizado o assunto é que é o problema. Os animais são apresentados na matéria como criaturas exóticas, seus órgãos genitais como algo estranho e suas vidas sacrificadas como mero material para humor de quinta categoria. A falta de reverência com a vida, a ausência de qualquer empatia ou traço de inteligência é o que revolta o estômago, e não uma genitália assada.

Mais uma vez a televisão perde a oportunidade de ser um instrumento de entretenimento inteligente e apela para o mais básico, banal e cruel como uma fonte de lucro. Uma lástima.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Ele é um ridículo e péssimo apresentador, deveria mesmo ficar dançando ballet e parar de querer aparecer em cima do sofrimento dos animais.

  2. Ele é um ser mais repugnante e ridículo que eu já vi apresentando programa. Ele é especista ao extremo e adora ridicularizar os animais em seus programas. Ele deve ter muito poder por trás das câmeras porque não entendo como é possível um ser desprezável como esse ter espaço na televisão.
    Mas tudo o que ele faz de mal para os animais vai ter retorno para ele. Hoje ele acha graça e ri da desgraça dos outros. Amanhã será ele que vai sentir na pele, cedo ou tarde. A lei do retorno.

  3. “A falta de reverência com a vida, a ausência de qualquer empatia ou traço de inteligência…” é característica nata desse “apresentador”.

  4. se eu comentar muito periga que a mídia em torno dele bombe e, nessa certeza, continue a fazer reportagens nesse tom.

    Não costumo a bater palmas pra… deixa para lá.

  5. Ele é ridículo,se acha o melhor…aff.Roda o planeta mostrando os costumes mais bizarros.Certa vez parei p ver o programa dele,ele comeu ovo de pata fecundado,ou seja, cozinharam o ovo c o patinho já grande e esse imbecil comeu…Fiquei enojada…99% de lixo inútil na tv afffff !!

  6. Nascido em berço esplêndido e com pinta de bon-vivant ,muito provável ele não aprendeu o princípio básico do amor . Ele roda o mundo em busca de “pratos exóticos e afrodisíacos” como furo de reportagem… rodar o mundo é como ir até a esquina…ele deve estar na enésima volta. Sua meta é atingir aos paladares mórbidos e nada refinados de alguns tele vips e insones da madrugada…até aí, nada de novo no reino da Dinamarca. Garnero declarou já ter bebido sangue de cobra afrodisíaco em uma das viagens.Adrenalina pura ! 50 por 1 “cult”…o pior do lixo vip. A Record que o acolhe, deveria banir matérias nefastas que contrariam toda a ética e respeito aos animais. Certamente, a Record não mantém seu IBOPE graças aos olhos do Garnero ou especiarias exóticas exibidas e comidas vivas por ele -mas se mantém viva e acesa graças ao povo singelo e simples do arroz e feijão de todo dia .Em respeito aos animais e em respeito a nós: acabem com nossas ânsias …vomitamos a cada programa !

  7. Não quero ser defensora do apresentador ou da emissora de televisão. Mas, a crítica não tem outro destino que não seja ao povo asiático de umm modo geral e seus costumes, o que o apresentador fez foi reproduzir, demonstrar o que muitos já comentaram ou apresentaram. Apesar de trágico e de mau gosto, não tem nenhuma novidade.

  8. Isso se chama mídia isso se chama televisão só poderia se esperar coisas desse nível mesmo parem de assistir como eu que sou anti-mídia que não assisto televisão é o melhor a se fazer!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>