• Home
  • Zimbábue planeja servir carne de elefante nas prisões

Zimbábue planeja servir carne de elefante nas prisões

0 comments

(da Redação)

Foto: reprodução site construindo a história hoje

Autoridades penitenciárias do Zimbábue planejam servir carne de elefante para os mais de 13 mil detentos que ocupam as prisões do Zimbábue, informou nesta sexta-feira a imprensa local.

Há quatro anos, a alimentação dos presidiários é vegetariana, com base no feijão e no repolho. Por conta do cardápio ético, o vice-ministro da Justiça, Obert Gutu, pensou em servir carne de elefante para “enriquecer” a dieta dos detentos.

“O Ministério e a Comissão Penitenciária consideram que a carne de elefante pode ser um opção. Existe o consenso de que há uma superpopulação de elefantes no país. Por que não utilizá-los para alimentar os presos?”, declarou o vice-ministro da Justiça ao jornal “The Zimbabwe Independent”.

Defensores de animais já se manifestaram contrários à medida. O diretor da Força-Tarefa pela Conservação no Zimbábue, Johnny Rodrigues, negou que no país haja uma superpopulação de elefantes e ressaltou que no território só restam 35 mil animais. “O governo deveria endurecer as leis para proteger estes animais”, afirmou Rodrigues ao jornal local.

A carne de elefante não é consumida habitualmente no Zimbábue, mas, nos últimos dez anos, o Governo do Robert Mugabe ordenou com frequência a parques nacionais a provisão de carne desses animais e de búfalo para alimentar os soldados em grandes cerimônias, como no aniversário do presidente.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. QUE CARDÁPIO Ético estranho, o qual, saindo de uma alimentação vegetarinana, que respeita seres senscientes passa a servir a carne de animais dotados de enormes cérebros, conscientes de sí mesmos, dotados de memória fabulosa, afetivos, sociais ?
    CONCLUO, me desculpem, se apressadamente, que este Sr.Obert Gutu é um ser destituido de escrúpulos, sensibilidade e compaixão.
    QUANTO ao Roberto Mugabe, deveria ser considerado um criminoso internacional, por mandar assassinar búfalos e elefantes para fazer comida em recepções, como o anivesário do presidente sem vegonha e imoral.
    FAÇO referência aquí a um tema terrivelmente polêmico, o do nacionalismo.
    BRASILEIROS ficam irritados quando ambientalistas estrangeiros cogitam em desnacionalizar a Amazônia.
    APOSTO que africanos também odeiam quando se cogita em tornar os habitates de animais selvagens como de cuidados internacionais, porém pensem bem, não deveriam tirar do Zimbabwe o poder de fazer o que querem com os animais selvagens?
    NÃO DEVERIAM impedir os brasileiros de devastarem a floresta amazônica, para criar bois destinados ao assassinato, para vender carne aos europeos, chineses e japoneses?

  2. EM TEMPO, permitam complementar.
    NÃO DEVERIA uma força tarefa internacional prender os assassinos de filhotes de focas no Canadá.
    PRATICANDO tais barbaridades os povos não têm direito de soberania.
    NEM o Zimbabwe, nem o Brasil, nem o Canadá e outros e outros mais.

  3. A barabaridade e crueldade esta em todos os paises,
    cabe a nos, o povo protestar, me desculpe , mas matar
    um animal nobre, como um elefantes, para servir de
    comida para marginais, e um desperdicio!
    Adoro elefantes, sou vegetariana, nao preciso de
    carne de nenhum animal para sobreviver, entao
    se eu nao preciso, muito menos os bandidos, marginais.
    Que ideia mais ridicula, espero que nao aconteca.

  4. ISSO É UM ABSURDO….QUE MORRAM DE FOME ESSES PRESIDIÁRIOS…O QUE OS ELEFANTES TEM HAVER COM ISSO!??!!!!DÊ ALFAFA PARA ELES, MAS DEIXEM OS ELEFANTINHOS EM PAZ…..

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>