• Home
  • Animais morrem de fome por causa de protestos no Egito

Animais morrem de fome por causa de protestos no Egito

0 comments

Devido aos protestos que vêm ocorrendo recentemente no Egito, a indústria do turismo teve uma parada brusca, deixando os tutores de cavalos e camelos sem dinheiro e comida para seus animais, segundo informações do jornal Daily Mail. Há mesmo relatos confirmados de que, durante os protestos, as estradas foram fechadas em torno de Cairo ou bloqueadas a tal ponto que tornou-se impossível levar ajuda aos tratadores de animais.

Foto: Reprodução/Daily Mail

Os tutores de camelos e cavalos se juntaram aos protestos na praça Tahrir para pleitear a volta dos turistas, tentando conscientizar para a sua situação. Eles alegam que protestaram porque eles precisam ganhar dinheiro para comprar comida para seus animais. Eles foram atacados pela multidão – alguns foram puxados de suas montarias e espancados, outros simplesmente desapareceram, juntamente com os seus cavalos.

Foto: Reprodução/Daily Mail

Os números atuais mostram que há centenas de cavalos morrendo a cada semana, estima-se que existem cerca de 3000 cavalos, burros e camelos que necessitam de alimentos e cuidados veterinários básicos.

ONGs ajudam animais que estão morrendo de fome

Duas organizações estão ajudando a fornecer alimentação e cuidados aos animais que precisam. A Sociedade Egípcia de Misericórdia de Animais (ESMA) está levando as doações para compra de alimentos e cuidados veterinários para os animais – incluindo cães, gatos e cabras – que foram abandonadas no Egito desde o início dos protestos.

Como o grupo visita um estábulo na área para verificar o estado dos cavalos, eles encontram imagens perturbadoras. Sharon Seltzer relata em seu artigo, que os cavalos do Egito estão morrendo de fome. “O ESMA mudou-se para um dos cemitérios improvisados, onde testemunhamos os restos mortais de 50 cavalos e três camelos . Todos tinham morrido de fome”. Um representante do grupo disse que “o mais chocante de todos os animais mortos foi os potros ao lado de suas mães.”

Brooke, que uniu forças com o Donkey Sanctuary e Sociedade Egípcia de Proteção Animal (ESAF), também está distribuindo pacotes de 7 kg de alimentos para os tutores de burros, cavalos e camelos – o suficiente para mantê-los por uma semana.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Mal posso acreditar, as imagens falam por sí só, ou eles são explorados carregando turistas aos passeios ou carregando cargas pesadas, nada pior do que a fome, e porque ficam amarrados? Será que se ficassem soltos não teriam chance de se alimentarem de alguma forma, eles nada tem haver com turismo ou com quaquer tipo de comércio, mas sempre pagam pelas irresponsabilidades dos homens.

  2. Este é um fato de como os animais são objetos para o meio de vida de muita gente. Sentimento? Nenhum… Quando acontecem tragédias humanitárias para essa gente, há pessoas que ainda pensam o porquê e criticam a DEUS. É justo?
    Um abraço.

  3. Essa é pra vc tb aqui no Brasil ou qnd visita outros países e ACHA bonito dar uma volta de charrete pela cidade,sem conhecer a real situação que esses animais passam. Pq em alguns cidades no Brasil esses passeios infelizes se fazem presentes com animais magros,mau tratados e esqueléticos.E o povo acha ‘normal’.

  4. Hoje no Brasil o nivel de exigencia é muito grande graças a trabalhos realizados pelo ministerio da agricultura e Embrapa que nos ajuda a ter know how e nos mostra como devemos nos profissionalisar .Nos da Friboitins estamos sempre preocupados com a saude e bem estar dos animais .

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>