• Home
  • Centenas de animais precisam de ajuda no Japão

Centenas de animais precisam de ajuda no Japão

3 comments

Depois do terremoto e do tsunami, que mataram até agora mais de 10 mil pessoas mortas, entidades se voltam a ir atrás de animais desaparecidos no Japão.

Centenas de pessoas têm viajado às regiões mais atingidas pela tragédia para dar assistência e recolher animais e procurar seus tutores. De acordo com a voluntária Isabella Gallaon Aoki, é grande a quantidade de animais perdidos.

– Muitos são levados para abrigos, mas há também lugares lotados de desalojados que não aceitam animais – contou Isabella para a BBC.

Isabella faz parte do recém-criado Japan Earthquake Animal Rescue and Support, que reúne as entidades Heart Tokushima, Animal Garden Niigata e Japan Cat Network. Além de remédio, comida e água para os bichos, eles também arranjam novos lares para os que estão desabrigados.

– Já fizemos duas viagens para a Sendai, mas precisamos de mais voluntários para levar suprimentos para outras regiões – completou.

O grupo mantém a página do Facebook atualizada para quem quiser colaborar de alguma forma. A American Humane Association, Animal Refuge Kansai, World Society for the Protection of Animals, e World Vets também trabalham para ajudar animais vítimas da tragédia.

Ao mesmo tempo em que provocam manifestações de solidariedade, há quem critique o grupo. Muitos questionam por que se preocupar com animais diante de um drama que afeta tantas pessoas. Para essas pessoas, Isabella diz que, ao mesmo tempo em que alguns ajudam humanos, outros dão suporte aos animais – e uma coisa não invalida a outra.

– Todo o ser vivo precisa de ajuda – conclui.

Na página do Facebook, uma história ganhou popularidade entre os seguidores. Shane, um cachorro da raça Akita, conseguiu sobreviver ao tsunami e reencontrou o tutor. O animal foi deixado solto no quintal enquanto o japonês avisava os vizinhos para deixar suas casas.

Mas ele não conseguiu voltar a tempo, pois a onda gigante estava se aproximando rapidamente. Seis horas depois, Shane, surpreendentemente, apareceu no abrigo montado em uma escola pública.

Outro caso que chamou a atenção nos últimos dias foi a história do cachorro encontrado em Arahama, na Província de Sendai. O vídeo feito por uma equipe de TV japonesa se tornou sucesso no YouTube. Mostra os autores da reportagem caminhando pela cidade destruída pelo tsunami quando deparam com um cão de cor marrom. O cão, então, aproxima-se e começa a latir. Volta, então, para perto de um latão de metal, onde há outro cachorro, ferido.

Fonte: Diário Catarinense

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Eu cuido de animais desde 1991 quando adotei meus primeiros dois gatos. Toda vez que uma pessoa me criticava por ajudar os animais eu perguntava para esta pessoa o que ela vazia em relação à outras vidas e esta pessoa se calava. Então se não quer ajudar, pelo menos não atrapalhe.

  2. Concordo plenamente com vc Marcus, cada um tem uma missao e tenho a certeza que quem cuida de animais se preocupa com o seu proximo seja criança ou idoso e quem critica só se preocupa com a vida alheia.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>