• Home
  • ONGs internacionais se mobilizam para ajudar animais vítimas da catástrofe no Japão

ONGs internacionais se mobilizam para ajudar animais vítimas da catástrofe no Japão

19 comments

(da Redação)

O terremoto de magnitude 8,9 que atingiu a costa nordeste do Japão, em 11 de março, foi o maior da história do país e resultou em uma série de tsunamis que causaram danos de proporções catastróficas. Estima-se que centenas de animais tenham morrido na tragédia e que centenas de outros necessitem de resgate urgente.

Gatinho filhote é encontrado em área devastada pelo tsunami. Foto: Petcaptain.com

Algumas entidades de proteção animal estão se mobilizando para prestar socorro aos animais que se encontram nas áreas afetadas.

A World Vets é uma ONG que presta ajuda veterinária em todo o mundo, em colaboração com grupos de defesa animal, governos estrangeiros, grupos de militares dos EUA e internacionais e veterinários profissionais no exterior. Uma equipe de socorristas já está pronta para iniciar os trabalhos nas cidades japonesas atingidas.

Sobrevivente carrega seu cão no colo. Foto: AFP/Getty Images

A equipe de emergência (Cruz Vermelha Animal) da American Humane Association está acompanhando atentamente a situação e está contatando seus parceiros internacionais para saber a dimensão do impacto sobre os animais nessa catástrofe e enviar ajuda.

Socorristas dão água a cães encontrados nos escombros. Foto: ST

A Animal Refuge Kansai, uma organização está se preparando internamente para receber um grande fluxo de animais provenientes de áreas do desastre. Elizabeth Oliver, representante da ONG, disse que “Estamos todos muito tristes e horrorizados com a devastação, após o  terremoto aqui no Japão. Os gatinhos do abrigo Kansai JCN, e o abrigo em si estão todos muito bem. No entanto, continuamos muito preocupados com os animais nas áreas gravemente afetadas, que podem ser negligenciados no meio de tanta necessidade imediata de resolver problemas humanos. Estamos trabalhando atualmente com outras duas organizações coordenando os planos para o resgate de animais dessas áreas com a segurança “.

Homem reencontra seu pequeno cão, resgatado dos escombros. Foto: reprodução de jornal japonês

Elizabeth Oliver informa ainda que já começaram os trabalhos de socorro às pessoas com animais. “Estamos precisando de voluntários dispostos a prestar assistência social, capazes de transportar animais e que possam ajudar a expandir nossa capacidade de acolhimento (lares temporários) e, também,  para colaborar na captação de dinheiro e materiais fundamentais nesse momento para garantir o melhor apoio possível aos animais”, diz ela.

No último grande terremoto que assolou o Japão, em 17 de janeiro de 1995, a ONG resgatou cerca de 600 animais,entre cães, gatos, coelhos e aves. Neste momento, estão sendo construídos abrigos de emergência. Dadas as dificuldades de circulação nas estradas, provavelmente, os animais serão transportados para Osaka por helicóptero.

Cão é resgatado dos escombros. Foto: AP

Ilha dos Gatos

Ainda há poucas notícias sobre a Ilha dos Gatos, que foi bastante atingida pelo tsunami. A ilha fica localizada a cerca de uma hora de balsa do porto Ishinomaki na Província de Miyagi, principal ilha japonesa de Honshu.


Segundo os noticiários sobre o terremoto que atingiu o Japão, a ilha dos gatos estava a poucos quilômetros do epicentro do terremoto, e no caminho por qual o tsunami percorreu até a costa da província de Ishinomaki na cidade de Miyagi no Japão, conforme noticiado pela ANDA.

As primeiras informações dizem que ainda não chegou socorro ao local e que os barcos foram destruídos em razão do tsunami. Moradores se refugiaram no local mais alto da ilha, os gatos estão sem ração.

Não se sabe quantos gatos foram atingidos pelo tsunami. Foto: sem crédito

O epicentro foi localizado a cerca de 100 quilômetros ao largo da prefeitura de Miyagi, na região nordeste do Japão. O abalo, deu origem a um tsunami que atingiu a costa japonesa com ondas de cerca de 10 metros de altura.

Quem quiser fazer doações para ajudar os animais vítimas da tragédia no Japão pode enviar para as organizações abaixo:

  • Animal Refuge Kansai

Postal Account:
Large Scale Rescue Fund
No. 00970-2-267840
PayPal (through homepage)- Please add “for earthquake animals”
http://www.arkbark.net/?q=en/taxonomy/term/17

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. O povo japonês é guerreiro, tenho certeza que farão de tudo para ajudar os animais, porém, espero que não matem mais baleias e golfinhos.

  2. Mi vida sería plena si pudiese dedicarme exclusivamente a la ayuda animal. Poder trasladarme a esos sitios en donde hay animales en desgracia. Mi sueño es entonces que la gente cambie de actitud, y se enternezca y sensibilice al grado en el que sobraran manos para ver por ellos.

  3. Eles vão se recuperar, eu tenho a mais absoluta certeza. Depois das bombas atômicas que devastaram o País todo lá atrás, essa é a pior catástrofe que atinge o Japão.
    Mas como são guerreiros e fortes, conseguiram se recuperar o mais breve possível…

  4. Subscrevo o que disse a Silvana.E acrescento ao que parece os Japoneses são diferentes dos chineses,no que toca aos animais.Deus os ajude a superar esta terrível desgraça que se abateu sobre eles, pessoas e animais.

  5. Meu Deus, quanta tragedia nesse mundo que vivemos, coloque seus anjos naquela região e proteja aos animais que estão sofrendo.Parabens a Anda por toda a informação que tem dado a respeito dos peludinhos e a todos que estão colaborando nessa hora.

  6. Nossa, graças a Deus já vão começar. Espero que não haja mais terremotos e tsunamis. E que enviem logo uma equipe para a ilha dos gatos. E, sinceramente, espero que a situação das usinas nucleares não piore. Deus me livre de um novo Chernobyl. Por isso sou contra essas ‘tecnologias’ perigosas, um errinho básico, e você pode botar as vidas de todo um continente em risco. Ainda mais em um país com tanta instabilidade geográfica.

  7. Pois é, sempre encontramos bons corações para salvar os animaizinhos no meio de tanta tragédia….graças a Deus estão lembrando deles…tenha certeza que também gostaria muito de estar lá para ajudar, há todos que precisam….

  8. Fiquei emocionada só em ver essas fotos. Amo o Japão e tenho absoluta certeza que eles vão conseguir refazer. Os japoneses não são como os chineses. Eles são civilizados. Só desejo que eles repensem a maneira como eles vêem as baleias e os golfinhos, pois , apesar de amar a cultura japonesa não concordo com essa matança. No mais eles são perfeitos. Que Deus os ajude!!!

  9. Gente, so relembrando, comentarios como “Os japoneses não são como os chineses. Eles são civilizados”, ” os Japoneses são diferentes dos chineses,no que toca aos animais” sao comentarios racistas. Lembrem-se racismo eh crime. E a internet nao garante anonimato. A internet guarda tudo o que voce escreve.

  10. E se fosse aqui no Brasil, um monte de gente iria achar um absurdo e diria “por que não vão ajudar as criancinhas com fome ao invés de ficar salvando animais”

  11. Camila é verdade criticam mesmo e eu já ouvi muita piadinha… Mas fiquei surpresa q isso não aconteceu no Caleme, Teresopolis, qdo estava resgatando lá, foram dias, na chuva, lama… e o pessoal oferecia água e até comida em quentinhas. Eu nem comia,pois no tranco nem dava fome e eu sou vegetariana.
    Fiquei realmente feliz por dentro de ver o carinho conosco. Os guardas vinham ofereciam, o pessoal da Igreja. Isso é RARO posso afirmar.
    bjn Rosely – SOS Felinos

  12. Ai tomara que consigam resgatar todos os animaizinhos que sobreviveram. É uma pena ver a carinha assustada deles e muitas vezes sem ninguém para socorre-los. Todo meu apoio ao pessoal que está batalhando para ajudar os animais que sobreviveram e para os que se foram, que sejam lindas estrelinhas no céu.

  13. ow gente que dó,,, é de cortar o coração, mas sinceramente fiquei feliz de ver a preocupaçao com os bichos…….
    gente tem um abrigo, que esta sendo ameaçado de ter que eutanisar os bichos mas velhos, pois tem que construir canis e ainda não tem todo o dinheiro,,,,,,,, ela esta em desespero pois o homem ja pediu a casa e ainda nao completou todo o dinheiro para construção dos abrigos. , ela não dorme, nao ta nada bem preocupada, pois seus cães a maioria é velhinhos no qual precisam de medicação, fraldas e varios cuidados,,,,,,, se chama o abrigo da leila e o face é esse, muita gente ja ajudou , mas ela ta precisando é alcançar a meta , acredito que logo ela vai conseguir, quem quiser conhecer seu trabalho e tudo o face é esse
    https://www.facebook.com/abrigodaleila.anjos

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>