• Home
  • Tartaruga impedida de desovar é salva por biólogos

Tartaruga impedida de desovar é salva por biólogos

6 comments

Biólogos da organização não governamental Ecoassociados flagraram hoje um crime ambiental na Praia de Muro Alto, em Ipojuca, litoral sul de Pernambuco. Uma tartaruga da espécie pente de cerca de 100 kg foi impedida de desovar e colocada com o casco para cima. Os especialistas encontraram o animal por volta das 5h de hoje bastante debilitado, com os pulmões comprimidos depois de passar aproximadamente duas horas sem respirar normalmente.

Após ser reanimada, a tartaruga que mede 89 cm de comprimento e 81 cm de largura, foi devolvida ao mar sem realizar a desova.

De acordo com o biólogo Artur Moraes Barbosa o tipo de crime é bastante comum, tendo como principais autores os pescadores da área: “Problemas do gênero são comuns nesta temporada. As tartarugas sofrem com ação de pescadores que destroem os ninhos, tiram as estacas que protegem a desova e caçam os animais”.

Ainda segundo o biólogo desde setembro do ano passado, quando teve início o período de desova, em uma faixa de 12 km de Muro Alto até Maracaipe, foram contabilizados 125 ninhos e em algumas semanas chegam a ocorrer 10 desovas.

Fonte: Diário de Pernambuco

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Um absurdo isso, a que nivel o ser humano chegou, impedir que uma tartaruga desove, isso é asqueroso.!
    Isso é uma barbaridade.!

  2. Falta de escola dá nisso. Ausência de disciplina de Educação Ambiental provoca que crianças cresçam sem entender o que é o Meio Ambiente, sua importância, valor e o mais importante: que todos os seres fazem parte dele.

    Sem educação não há como uma sociedade crescer na conscientização.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>