• Home
  • Coordenadoria de Bem-estar Animal vai virar realidade, diz prefeito de Jundiaí

Coordenadoria de Bem-estar Animal vai virar realidade, diz prefeito de Jundiaí

1 comments

Prefeitura anuncia castração de 600 cachorros

O prefeito de Jundiaí (SP), Miguel Haddad (PSDB), anunciou nesta quarta-feira que resolveu as disputas internas sobre a criação da Coordenadoria de Bem-estar Animal, reivindicada desde a campanha eleitoral pelo aliado PV.

“Vamos fazer de forma oficial nos próximos dias”, disse o prefeito na convocação de evento de sexta-feita a segunda-feira no Jardim Novo Horizonte (Varjão), financiado em parte por emenda parlamentar dos verdes na Assembleia em 2010.

Uma comissão especial da Câmara, entre 2009 e 2010, discutiu o assunto com os vereadores Júlio de Oliveira (PSDB), Ana Tonelli (PMDB) e Leandro Palmarini (PV).

Mas o trabalho foi boicotado na época pelo diretor do setor de Controle de Zoonoses, Carlos Ozahata, que considerava o debate sem grande utilidade.

Política pública

Na bancada de três vereadores do PV, a questão virou ponto de honra. “Precisamos de políticas públicas para os animais”, diz Leandro. Foi reforçado pelo próprio Miguel, que define o tema como ligado tanto à saúde humana como ao meio ambiente.

Para a secretária Tânia Pupo, da Saúde, a questão é visível nos núcleos mais pobres, onde cães e gatos não recebem atendimento veterinário. “Sabemos que isso influi na transmissão de doenças”, diz.

Ainda não ficou claro como o novo órgão vai resolver os questionamentos do setor de Zoonoses ou como vai lidar com a temática de animais silvestres, mais ampla que os “de estimação”.

Uma dica é o formato da ação que começa nesta sexta-feira: uma empresa foi contratada para castrar fêmeas, onde um número menor pode ter impacto positivo. Serão 400 de moradores cadastrados e 200 de ONGs de animais abandonados.

Atendimento fechado

Os 600 animais a serem castrados de amanhã até segunda-feira no centro comunitário da rua Daniela Lourençon estão agendados em 400 (de moradores do Varjão) e outros 200 de ONGs como Uipa, Bicho Legal, SOS Animais e entidades de apoio.

112 mil animais domésticos são estimados em Jundiaí, sendo 90 mil cães e 22 mil gatos, com 5% em estado de abandono.

Fonte: Rede Bom Dia

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. kkkkkkk essa foi a piada do ano em Jundiaí.
    São só 10 baias para alojar os animais abandonados, imaginem o que vai acontecer com o 13º que chegar???
    todo mundo sabe como são feitas as castrações nos mutirões promovidos por aqui, é bicho agonizando e amontoado de tudo o que é lado.
    Promessa, promessas e promessas é o que são e os animais, coitadinhos!!!!!!!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>