• Home
  • Ostras estão desaparecendo rapidamente, diz estudo

Ostras estão desaparecendo rapidamente, diz estudo

0 comments

Uma pesquisa recente sobre o estado da população mundial de ostras mostrou que os animais estão desaparecendo com rapidez. Cerca de 85% dos recifes de ostras sumiram por causa de doenças e exploração humano, estimam os pesquisadores. Mas o desaparecimento pode ser maior ainda porque muitas regiões estudadas não tinham dados do passado.

O derramamento de óleo no Golfo do México afetou o abastecimento de ostras nos Estados Unidos (19/05/2010). (Crédito: John Moore/Getty Images)

O estudo da ONG Nature Conservancy e Universidade da Califórnia, publicado na revista BioSciences, analisou 40 regiões, com 144 baías. Os pesquisadores concluíram que 75% das ostras que ainda vivem estão localizadas em recifes de cinco regiões da América do Norte. O estudo não incluiu recifes de ostra na costa da África do Sul, China, Japão e Coreias do Norte e Sul.

Os pesquisadores constataram que a maioria dos recifes de ostras que sobraram estão com menos de 10 % de sua população inicial. O declínio das ostras começa com a destruição de seu habitat, principalmente pela pesca de arrastão e a dragagem de materiais do fundo do mar. Os animais que conseguem sobreviver ficam mais vulneráveis às mudanças ambientais.

Outro fator responsável pelo desaparecimento das ostras selvagens é a introdução de ostras não nativas em seu ambiente, que provoca a disseminação de doenças. Segundo os pesquisadores, as ostras selvagens estão praticamente extintas.

Com informações da Revista Galileu

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>