• Home
  • Manifestantes protestam pelo cão que foi espancado, queimado e enforcado em Portugal

Manifestantes protestam pelo cão que foi espancado, queimado e enforcado em Portugal

8 comments

‘Amarelinho’ foi espancado e queimado antes de ser morto e teve os olhos arrancadosCr

(Foto: Vasco Neves)

Revoltados, cerca de 50 de manifestantes concentraram-se ontem no Barreiro (Portugal), em frente à casa da mulher que acusam de ter matado um cão, de forma macabra.

“O ‘Amarelinho’ foi espancado, queimado e enforcado numa árvore, tendo-lhe mais tarde sido arrancado os olhos”, disse Alfredo Rodrigues, tutor do cão. O animal costumava pernoitar numa barraca à porta da sogra de Alfredo, Amélia Gomes, no largo Nossa Senhora do Rosário.

A brutalidade usada para matar o cão chocou a população, que exige que as autoridades tomem medidas, para evitar que a suspeita cometa novos atos macabros contra animais. Alfredo Rodrigues defende que a autora do crime foi uma vizinha, que já disparou na porta de entrada da sogra e de uma outra vizinha, Sílvia Cruz.

O cão desapareceu no dia 3 de janeiro e foi encontrado morto num terreno ermo, quinze dias depois. O tutor apresentou queixa na PSP e no Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR. Contudo, Alfredo Rodrigues diz que “as autoridades ainda não encontraram provas suficientes para incriminar alguém”.

Enquanto durou o protesto, a mulher acusada pelos vizinhos não estava em casa.

Fonte: Correio da Manhã

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Essa senhora que praticou tal acto criminoso deve ser uma psicopata do pior. E se continua a viver à sua vontade, sabe Deus o que não fará a seguir!!!! Não tem capacidade para viver em liberdade!!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>