• Home
  • Cães velhinhos e debilitados precisam de novos lares para viver no RJ

Cães velhinhos e debilitados precisam de novos lares para viver no RJ

1 comments

Celi Cigana
celicigana77@gmail.com

Venho mais uma vez divulgar a história do Zulu, o cocker totalmente cego que vive em abrigo. Muitos já conhecem a história dele, mas resumindo, o Zulu precisa mesmo de um lar. Ele sobe e desce escadas, faz sua necessidades sozinho, come e bebe água também sozinho. Enfim, apesar de ser cego, o danadinho se vira. O problema do Zulu é que ele vive no meio de muuuuuuuuuuuitos outros animais. A protetora que cuida dele faz o impossível pra ajudá-lo, mas no meio de 70 animais, fica impossível dar o melhor pra ele.

Ele continua apanhando dos outros cães, pois não tem como separá-lo dos outros. Ele é muito quieto, bonzinho, calmo. Seu problema é na hora da comida, pois os outros pegam sua comidinha quando ele levanta pra mastigar. Também é agredido quando esbarra em outro animal que não se dá com ele. Ele esta castrado e vacinado. Se dá super bem com outros animais. Se alguém souber de alguma pessoa que possa adotá-lo, entre em contato comigo, por favor. Sua protetora tem outros animais necessitando muito de um lar.

Temos também a Doin, uma poodle com sequelas de cinomose, com pouquíssimos dentinhos e que anda bem devagar, come bem, mas com dificuldade por conta da idade e das sequelas de maus tratos. Ela também precisa de um lar urgente.

Também temos o vovozinho, pincher, poucos dentes, com muito tártaro, coração totalmente descompassado, velho, com anemia, enfim, precisando também de um lar, pois às vezes sangra pelo nariz. Tem que tomar uma medicação, que em meio de tantos, ele acaba sendo medicado às vezes.

Venho mais uma vez lembrar a vocês que a protetora deles é maravilhosa, o problema é que ela tem mais de 70 pra cuidar e, entre eles, tem animais bem saudáveis, que correm, brigam, tem energia e não aceitam esses debilitados. Além desses, ela tem outros deficientes, sem perna, sem dentes, velhos também. Ela dá uma boa alimentação, mas alguns têm anemia, pois não comem direito por falta de tempo pra amolecer a ração, e dar a medicação a todos, todos os dias.

É só ela e o marido que cuidam desses animais. Eu já tive a experiencia de ajudá-los por varias vezes e digo, não é fácil, não tem como separar os debilitados e nem o cego. Isso acaba dificultando a vida deles.

Vamos fazer uma campanha pra ver se alguém fica com eles. Eu levo pra quem os quiser, mas têm que ser pessoas responsáveis e tem que ir pra casa de alguém, pois em abrigo eles já estão e não mudará nada pra eles.

Me ajudem por favor a divulgar. Todos estão no Rio de Janeiro (RJ).

Contato:

Celi Cigana
celicigana77@gmail.com

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>