• Home
  • Cresce número de animais silvestres apreendidos na área urbana de Ribeirão Preto (SP)

Cresce número de animais silvestres apreendidos na área urbana de Ribeirão Preto (SP)

0 comments

Dona de casa alimenta família de capivaras. Foto:Matheus Urenha / A Cidade

O número de animais silvestres apreendidos na zona urbana, sob a área de atuação da 4ª Companhia de Polícia Ambiental, aumentou em 2010 em relação a 2009. Até outubro do ano passado, foram capturados e soltos 24 animais, contra 21 no ano passado.

A maior novidade foi a apreensão de dois filhotes de suçuarana, da mesma mãe, em Ibitinga. A última captura de onça, pela Polícia Ambiental, ocorreu em 2008 (dois adultos). A área de cobertura da 4ª Companhia de Polícia Ambiental abrange 53 municípios, de Porto Ferreira até Batatais, incluindo, além de Ribeirão Preto, cidades como Araraquara, Ibitinga e São José do Rio Preto, onde está a sede do batalhão.

Até outubro, foram apreendidos nove tamanduás-mirins contra quatro no ano passado; e um lobo-guará (um também em 2009). O número de cachorros-do-mato, porém, caiu para 12, contra 14 em 2009.

Mas o grande campeão em apreensão, em 2010, foi o tamanduá-mirim. Dos nove apturados pela Polícia Ambiental três foram encaminhados ao Zoológico Fábio Barreto, que já tinha recebido, também, outros três tamanduás-bandeira: um filhote chegou morto, um adulto foi solto pelo Ibama e outro está sendo mantido na área de isolamento.

Os tamanduás adultos, desdentados, que se alimentam basicamente de cupins, têm dificuldade em sobreviver em locais fechados. Por isso, assim que se recuperam, são soltos pelo Ibama.

Já os filhotes, vítimas de colhedeiras de cana-de-açúcar e de queimadas, adaptam-se melhor ao cativeiro.

Eles consomem, diariamente, um litro de uma combinação que leva leite em pó, sustagem, mucilon, ovos e carne moída, explica o zootecnista e diretor do zoológico, Alexandre Gouvea.

Com todos esses ingredientes, o índice de recuperação deles é considerado bom pelo zootecnista.

Fonte: A Cidade

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>