• Home
  • Regime nazista perseguia cão que "imitava" Hitler, na Finlândia

Regime nazista perseguia cão que "imitava" Hitler, na Finlândia

7 comments

Tor Borg junto ao seu cão, cujo nome 'oficial' era 'Jackie' (Foto: Reprodução)

Segundo documentos oficiais recentemente encontrados em Berlim, na Alemanha, o regime nazista tentou arruinar o tutor de um cão, um empresário do setor farmacêutico na Finlândia, país escandinavo que mantinha a neutralidade em 1942 apesar de ter fortes ligações à Alemanha.

Dono do grupo Tamro, que ainda hoje existe, Tor Borg era casado com uma alemã insuspeita de simpatias pelos nacionais-socialistas, que deu o nome ao cão após verificar que este levantava a pata da mesma forma que a maioria dos seus compatriotas erguiam o braço enquanto diziam ‘Heil Hitler’.

Nos arquivos do regime nazi foi encontrada uma carta do vice-cônsul em Helsínquia em que este denunciava que “uma testemunha, que não quis ser identificada”, testemunhou a polêmica habilidade do cão de Tor Borg.

O empresário foi chamado à embaixada da Alemanha em Helsínquia e negou que o cão se chamasse ‘Hitler’, embora tenha reconhecido que a sua mulher o tratava assim.

No entanto, Tor Borg salientou que a imitação da saudação nazi só tinha ocorrido algumas vezes em 1933, pouco depois de Hitler tomar o poder na Alemanha.

Acrescentou ainda que nunca havia feito “nada que pudesse ser considerado um insulto contra o Reich”, mas não conseguiu convencer o embaixador.

Um documento do Ministério da Economia germânico revela que o grupo químico IG Farben, que era um dos principais fornecedores da farmacêutica finlandesa, se ofereceu para deixar de fazer negócios com Tor Borg.

Por seu lado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros tentou por o empresário em tribunal pelos insultos a Hitler mas nunca conseguiu convencer nenhuma testemunha ocular das façanhas do seu rafeiro.

O historiador responsável pela pesquisa não encontrou provas irrefutáveis de que o caso tenha chegado aos ouvidos do próprio Adolf Hitler. De qualquer forma, o cão (cujo verdadeiro nome era ‘Jackie’) morreu de causas naturais e Tor Borg faleceu em 1959, 12 anos antes da sua mulher.

Fonte: Correio da Manhã

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Gostaria de citar que o mesmo regime nazista foi responsável pela criação da primeira lei de proteção aos animais, e Hitler era vegetariano e dizia que um dos sonhos dele era uma Alemanha justa com todos os animais. Hitler não comia carne e não bebia. O único alimento proveniente de animal que ele comia era ovo, pois dizia que a galinha não era submetida a sofrimento.

  2. O fato de Hitler ter ou não sido vegetariano não tire dele o caráter cruel, sanguinário, violento e psicopata. Não sei de onde você tirou essas informações, que acredito sejam inverídicas. Ele gostava de cães pastores alemães, apenas. Não há qualquer informação oficial sobre o vegetarianismo desse ser do mal. E vegetarianismo não é sinônimo de boa pessoa. É apenas um passo.

  3. MANCIN!
    FOI providencial sue comentário!
    DÁ-NOS o ensejo de referir a obra de um PHD em históra norte americano, Rynn Berry, autor da obra: “Hitler, Neither Vegetarian nor Animal Lover”.
    EM SUA obra, minuciosamente fundamentada, com pesquisa de milhares de documentos, fica provado sem a menor sombra de dúvida que Hitler JAMAIS foi vegetariano!
    DEMAGOGO comO era, tentava agradar ao povo alemão, este sim bastante favorável ao vegetarianismo, cujos autores tinham grande credibilidade entre os leitores alemães.
    QUANTO às leis de proteção aos animais eram rudimentares, não se comparando de forma alguma com as que existiam na Inglaterra, pioneira nesta legislação (no ocidente) e em outros paises.
    CHEGA a ser cômica esta idéia de que Adolf Hitler “sonhava com uma alemanha justa com todos os animais”.
    ESTES mitos foram criados por Göring, mestre em psicologia de manipulação da massas, hoje sabe-se que tudo isto é mentira, mas ainda encontramos estas informações em muitas revistas, textos redigidos sem investigação suficiente.
    UMA COISA é certa, uma empresa como a JBS Friboi,(aqui, neste nosso Brasil) que mata milhares de animais por hora adora estas explicações.
    ASSIM quem critica o uso da carne como alimentação, coisa que prejudica os negocios destes assassinos em massa, ficam na companhia deste homem que tinha a mesma natureza deles, Adolf Hitler!
    SÓ PORQUE ELES QUEREM!

  4. Verdade que Hitler protegia os animais não-humanos? Oo Juro que me arrepiei. Ele tinha um pingo de amor no coração, nunca imaginei. Mancin fale mais dessa lei, fontes, fiquei curiosa.

    Obrigada.

  5. Que Hitler tinha um cão como seu melhor companheiro, isso ninguém pode duvidar.
    Agora, ninguém quastiona o que os ‘sionistas’ fizeram no país.
    Vejam como os JUDEUS abatem um animal para a sua comida KOSHER, e tirem as suas duvidas se este povo realmente é de “Deus”.
    Uma coisa que poderia ser aproveitada, do tempo que faziam testes em judeus, ao invés de animais, seria HOJE colocar os presos condenados á pepétua, seres que cometem crimes hediondos e não tem mais ‘cura’, para testes em laboratório, e não nossos animais.
    As cadeias estão superlotadas…pensem nisso.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>