• Home
  • Alemanha denuncia empresas por fabricar ração contaminada

Alemanha denuncia empresas por fabricar ração contaminada

3 comments

Restos de gordura vegetal contaminada com dioxina foram achados em 25 empresas alemãs fabricantes de ração animal, segundo um relatório publicado nesta quarta-feira pela comissão de Agricultura.

Em todo o país foram produzidas até 3 mil toneladas de gordura contaminada com dioxina destinada à fabricação de ração animal.

O escândalo que atingiu a Alemanha nesta semana obrigou o fechamento de mais de mil fazendas em todo o país e o sacrifício de dezenas de milhares de animais.

O Instituto Federal de Avaliação de Riscos emitiu um comunicado no qual assegura que a contaminação com dioxinas na comida para animais “não representa um risco para o consumo humano”.

A comissão parlamentar também assegura que em nenhum caso se vendeu ração contaminada fora da Alemanha.

Os deputados alemães respondem assim à Comissão Europeia, que pediu às autoridades alemãs que verificassem se exportaram ovos ou carne contaminada a outros países da União Europeia (UE) A ração foi contaminada por dioxina em uma proporção entre 2% e 10%, conforme o relatório da comissão parlamentar.

O Governo alemão e os estados federados afetados analisam já se existem responsabilidades penais na contaminação com dioxina.

Fonte: Terra

Nota da Redação: Lamentável é notar a preocupação exclusiva com a possibilidade de se atingir humanos pela contaminação dos alimentos advindos dos animais que sofreram mais esta violência, entre as inúmeras já institucionalizadas pela indústria de exploração pecuária. É lamentável, mas não causa nenhum espanto, pois  os direitos dos animais já são completamente violados nas fazendas. Não há nenhum respeito ou dignidade na curta e dolorosa vida que levam. As doenças são evitadas apenas por precaução quanto à contaminação da carne e derivados, nunca pelo bem-estar do animal em si. Não resta nenhuma dúvida de que a solução para problemas como este é a adoção do veganismo por toda a sociedade. Liberdade aos animais, basta de exploração e crueldade.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Concordo plenamente com a nota da redação…não se preocupam o mínimo com os animais, por exemplo, apesar de ser proibido, muitos fazendeiros usam a “cama” (palha das granjas de frangos para abate, com fezes, animais mortos, restos de comida etc…) para alimentar bois, para que ganhem peso rapidamente com pouco custo para seu explorador. E se um rebanho desses que é alimentado com essa sujeira é descoberto, os animais são condenados a um “abate sanitário” para não contaminar as pessoas que comem a carne deles com doenças perigosas…Bem, para os animais, infelizmente não há possibilidade de vida. Quanto tempo vai demorar até que a humanidade pare de explorar os animais? São nossos irmãos “menores”, por que as pessoas não pensam nisso?

  2. Exatamente….nada que compromete a SAÚDE DO HUMANO…..vamos ANTECIPAR O SACRIFICIO para termos certeza que nada afetará a saude dos carnivoros insaciaveis…..é lamentável realmente o tratamento dado para nossos animais, como disse Felipe realmente lamentável.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>