• Home
  • Campanha pelo desleitamento adulto em Rio Grande (RS)

Campanha pelo desleitamento adulto em Rio Grande (RS)

2 comments

“Não precisamos comer nada que seja animal”, frisou em determinado momento Márcia Chaplin, durante a oficina de fabricação de leite vegetal, promovida no último sábado. E ela está certa. A natureza, exclusivamente a de ordem vegetal, fornece as propriedades, nutrientes e proteínas que nosso organismos precisa.

“Nem mesmo mel de abelha. Nada animal”, retrucou uma das fundadoras do Grupo de Abolição ao Especismo (GAE), no momento em que uma das participantes sugeriu misturar o sabor da matéria prima produzida pelas abelhas em uma das receitas.”

“As vacas são induzidas por hormônios a produzir mais leite do que sua natureza permitiria. Tratadas como máquinas, são obrigadas a viver constantemente grávidas por inseminação artificial, mas são impedidas de amamentar seus filhotes. Contraem infecções nas mamas, sentem dores e, quando exauridas, são mortas.”

Fonte: Jornal Agora

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Pois é…As mães que produzem muito leite, sabem o quanto dói e incomoda uma quantidade muito grande de leite nas mamas. Agora, imagine essas vacas, que além de tudo não podem nem ver seus filhotes? Que muitas vezes são agredidas covardemente pelos vazendeiro e que, ainda jovens são enviadas para um matadouro?

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>