• Home
  • Cão que foi amarrado e espancado precisa de ajuda para tratamento em SP

Cão que foi amarrado e espancado precisa de ajuda para tratamento em SP

6 comments

Cristiano Sandoval Ferreira Ferro
cristianosandoval@hotmail.com

Meu nome é Otto de Ottogézilo, devo ter aproximadamente 2 anos, sou um doce de cachorro, calmo e carinhoso. Mas dia 6 de dezembro, eu passei por um momento muito difícil e cruel na minha vida. Eu estava na rua passeando à noite e fui pego por uns “seres humanos”, que me amarram em um poste, e me bateram muito.

Resultado: estou todo machucado e com a pata quebrada. Por sorte a Maria Teresa, mãe do Cristiano Sandoval (aquele Vegan, protetor e ativista, que há anos invadiu o programa da tia Hebe) me ajudou e me levou ao veterinário. Hoje estou na casa deles para passar a uma noite, estou com medo porque aqui tem vários cachorros e estou com muita dor no meu corpo e no meu coração.

Eu preciso muito de ajuda, tenho que fazer uma cirurgia na pata, preciso de remédios e de um lar. O tio Cris e a tia Teresa nunca pediram ajuda financeira, indicação de veterinários, porém dessa vez eles necessitam. Me ajudem.

Estamos no Jabaquara em São Paulo. Quem quiser vir me visitar, me avise. Necessito de um lar, mas, neste momento, preciso muito de um bom veterinário, medicamentos e ajuda financeira.

Conheça um pouco mais sobre mim no meu Blog: http://ottodog.multiply.com

Contatos:
(11) 7357-4126
(11) 3582-8045

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. O que passa na cabeça e no coração de pessoas que fazem isto?
    Eu não entendo, acho que nunca entenderei.

    E punição não se vê neste país.

  2. Como é que alguém pode ser capaz de praticar ato tão covarde e cruel? Se tivessem feito isso com algum bandido já teria uma enorme mobilização da mídia com um bando de gente falando em direitos humanos e o bandido, claro, tornar-se-ia um mártir tupiniquim.
    Como é um CACHORRO, as pessoas pensam ser “menos um na rua revirando lixo e procriando”.
    Infelizmente vai demorar MUITO pro nosso “povinho” brasileiro recuperar, ou até mesmo compreender, os verdadeiros valores morais.

  3. Lindo o cachorro, pena estar tão longe. Moro em chácara, eu adotaria se não estivesse tão longe.

    Uma crueldade o que fizeram com ele.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>