• Home
  • Protetoras convidam tutores de cães para manifestação no Parque Trianon, em SP

Protetoras convidam tutores de cães para manifestação no Parque Trianon, em SP

1 comments

Tilda Lax
tilda.lax@hotmail.com

Tudo começou com a mudança do administrador do Parque Trianon, em SP.

Convite para a manifestação

Em princípio ficamos muito felizes pois nossa nova administradora, Rita de Cássia Ferreira Nakamura, vinha do parque Buenos Aires, e lá os animais têm um espaço ótimo para ficarem soltos.

Amargo engano, ela odeia animais, lá tentou de tudo para acabar com o espaço feito pela gestão anterior, e assim iniciaram-se uma série de perseguições pelo Parque Trianon aos animais, sempre, desde que existe o parque, os animais fizeram suas necessidades no entorno do bosque, devidamente retirado pelo seu tutor, afinal fazer suas necessidades na terra é da natureza deles.

Seguranças andando atrás dos animais, apitos, proibições, brigas, nós usuários do parque perdemos a liberdade e a paz.

Quanto aos gatos, ficou proibido colocar comida, ela permite que se coloque no passeio, mas imediatamente que a protetora saia, é jogado fora.

Fizemos um abaixo assinado de 1173 assinaturas entregue ao sr. Eduardo Jorge, Secretário do Verde, nada, mas ainda nenhuma resposta nos foi dada. Estamos perdidos e nenhuma autoridade se pronuncia.

Solicitamos que todos os amantes e protetores de animais venham com seu animal, na passeata que faremos no entorno do Parque Trianon às 11h no dia 11 de dezembro próximo.

O ponto de encontro será o portão principal do Parque Trianon, na av. Paulista.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. A situação piorou mais ainda depois que a administradora, Dna. Rita Nakamura, encontrou um meio de oficializar ou legalizar o extermínio de gatos por fome e sede. Como?? Ela convocou as 5 protetoras que cuidam dos 12 gatinhos que atualmente moram no parque, não permitiu que nehuma delas abrisse a boca, e simplesmente determinou um local bem público, onde esses gatos ariscos jamais teriam condição de aproximar, para colocar a comida sòmente 2 vezes ao dia durante o dia, sabendo que assim estariamos alimentando pombos, e não gatos. Ela fez uma ATA, como num passe de mágica, oficializou o gaticidio. Quando qualquer pessoa tenta alimentar os gatos fora do horários que ela permitiu, ela manda os seguranças jogarem a comida no lixo. Na segunda feira, um dos seguranças chegou a empurrar uma das protetoras e jogou a comida no lixo. Sabe qual é a surpresa?? Ela fez o maior escândalo dizendo que esta protetora vai para o parque não para alimentar os gatos mas sim para agredir os seguranças. Será que esta senhora tem condição de agredir os 2 seguranças que a seguem??? Os seguranças tem que ser muito fraquinhos. Para piorar a situação, ela se faz de boazinha perante todo mundo dizendo que ela oficializou um lugar para os gatos irem comer. 2 vezes por dia no local e horário determinado por ela.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>