• Home
  • Cão de rua que foi atropelado, leva pedradas diariamente e está ameaçado de morte

Cão de rua que foi atropelado, leva pedradas diariamente e está ameaçado de morte

10 comments

Fabiana
ghatyh@yahoo.com.br

A história deste meninão que a Cida (cabelereira) batizou de Negão apareceu nesta avenida há 1 mês, onde o pessoal faz cooper, atropelado com a pata traseira aberta. Ela começou a tratar na rua mesmo por não ter espaço na casa dela e também por ter outro cão de porte grande. Agora que ele ficou bom, começou a avançar nas pessoas

Ele fica na escada da entrada do salão de beleza. A Cida está sem poder trabalhar pois ele morde os clientes que chegam na porta. Não posso pegar por estar com vários animais e também por ser um cão que não aceita outros cães. Tenho filhotes e também o pequeno que estava com o intestino para fora. Sofri 1 ano com o Cidão que era exatamente assim.

Se não fosse o fato de estar atacando as pessoas, a Cida o manteria como cão comunitário. Mas a vida dele esta em risco. Quando ela está por perto, pode protegê-lo. Mas à noite, quando vai para o curso, ele leva pedradas porque quando vê homens correndo na rua ele atravessa e vai atacar. Isso é normal, ele se sentiu acolhido ali e quer defender o território e a Cida.

Se alguém puder ajudar, fico grata. Ele está uma rua abaixo da minha, na rua Major Walter Carlson, 150, na beira da Rodovia Raposo Tavares, km 18,5, sentido São Paulo.

O risco de envenenamento é um fato que pode ocorrer a qualquer momento, além de ser morto a pauladas mesmo.

Contato:
(011)92743445
kanina.abrigofeliz@gmail.com

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Pessoal, alguém tem o contato de alguma entidade que possa ajudar? Desde que não seja pra levar o cachorro pra virar sabão, obviamente.

    Eu moro próximo à região (no Jaguaré) e me ofereço pra auxiliar, se possível. Só não posso, infelizmente, ficar com o cão pois moro em apto minúsculo.

  2. entre no google e procure ongs mais proximas q podem ajudar, ou alguma instituiçao, abrigo, esse tipo d lugar! Se eles nao puderem ajudar, creio q te dará uma sugestao do q fazer!! Só nao faço uma pesquisa pra ti, pois sou d MG(nao conheço nada em SP!), mas faz o q falei! espero q ajude!

  3. DIVULGANDO NO FACEBOOK!!! VAMOS QUE VAMOS, LOGO TEREMOS BOAS NOTICIAS. ESSE FINAL DE ANO ESTÁ PROMETENDO, MAS MINHA FÉ É MUITO MAIOR!!!

  4. Vcs falam de ONG,mas as ONGS estão abarrotadas de cães e gatos gente! Precisamos sim de adotante ou lar temporário urgente.Se alguém na cidade ou proximidades tiver um quintal,pra ele ficar uns dias seguro,até arrumar adotante seria ideal.Repassando.

  5. A Lully tem toda razão sei que muitas pessoas que não são ligadas ou não conhecem pessoalmente ongs que tenham abrigos de animais pensam logo nelas quando há casos de abandono e etc mas a verdade é que elas não tem ajuda do governo,vivem na precariedade e já não tem mais espaço pra nenhuma pulga porque ajuda é pouca.

    E vamos ser realistas que um animal que vai pro abrigo a chance de serem adotados é mínima.
    Pois muitos pensam,ah já estão no abrigo mesmo,e com isso vivem condenados a só conhecer um lugar pequeno,que há falta de comida e outras necessidades.

    Então o ideal é lar provisório mesmo para que possa ser cuidado,e ter real chance de um lar definitivo.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>