• Home
  • Mobilização e consciência pelos animais crescem em Piracicaba (SP)

Mobilização e consciência pelos animais crescem em Piracicaba (SP)

0 comments

A edição de ontem de A Tribuna Piracicabana destacou os trabalhos da Sociedade Piracicaba de Proteção aos Animais (SPPA), que, no último mês de setembro, comemorou 21 anos de atividades – está ativa desde 1989. Como destaca a vice-presidente da entidade, Cristiane Naval Filletti, a ONG amadureceu e o trabalho que era centrado no recolhimento de animais na rua passou a focar mais a conscientização quanto ao cuidado, especialmente de cães e gatos, mas de qualquer espécie de animais.

Num período em que se fala que há desinteresse da população em geral quanto à atuação política, é interessante ver a atuação de entidades como a SPPA e também a ONG Vira Lata Vira Vida – dois ícones da defesa dos animais domésticos em Piracicaba. E como o assunto tem conquistado força política a cada ano, com eleição de políticos que utilizam esta bandeira em suas campanhas. O caso mais recente deste fenômeno – e presente em nossa cidade – é o deputado estadual reeleito Feliciano Filho, com domicílio em Campinas, mas que obteve 1.605 votos em Piracicaba.

Nas duas últimas semanas, alguns eventos deste gênero também mobilizam se não uma multidão, pessoas com forte interesse em atuar nestes meios, como forma de prestar um serviço voluntário na comunidade. A 3a Cãominhada de Piracicaba, organizada pela Vira Lata Vira Vida, levou em torno de 200 pessoas – cerca de 500 animais – num domingo de manhã (dia 12) para caminhar na Rua do Porto. É interessante observar nestes momentos o alto grau de politização quanto à importância de atuar em entidades que trabalhem em torno de uma causa. O mesmo foi possível observar no último domingo, 17, quando o jornal Mundo Animal promoveu a “Exposicão”, no Centro Comunitário do Bairro São Dimas. Outro grande número de pessoas interessadas na defesa dos animais domésticos esteve presente.

Desde o início dos anos 2000, quando a problemática dos animais descartados em vias públicas começou a tomar maior importância na agenda do município, muita coisa melhorou. Como informou a vice-presidente da SPPA, cerca de mil animais foram castrados somente este ano, embora fosse necessária a mesma quantidade por mês para atender toda a demanda. De qualquer forma, há uma melhora nas atividades. Por parte do Poder Público, finalmente deve sair a ampliação do Canil Municipal, que será fundamental para dar destino correto (e humano) aos animais. Mas nada é tão mais precioso quanto às consciências a serem atingidas para o respeito da vida animal. Porém, somente com a consciência da população – apoiada em lei que possa punir malfeitores – será criado um ambiente ainda mais saudável e seguro aos animais domésticos.

Fonte: A Tribuna

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>