• Home
  • Governo Holandês cria número telefônico para denúncias contra maus-tratos de animais

Governo Holandês cria número telefônico para denúncias contra maus-tratos de animais

0 comments

Em seu programa de governo, o novo gabinete holandês prevê a criação de um efetivo policial que irá se dedicar à proteção dos direitos dos animais.

Segundo o novo acordo de governo, em breve a Holanda contará com um número telefônico através do qual as pessoas poderão denunciar casos de maus-tratos  a animais e haverá um corpo policial designado para atuar neste tipo de ocorrência. O filósofo Paul Cliteur diz que  a medida obedece ao moralismo holandês.

Os animais também têm direitos e devem ser protegidos, afirma o Partido da Liberdade, do populista Geert Wilders. Em seguida, o novo acordo de governo deseja criar um efetivo policial com pelo menos 500 agentes que serão encarregados de combater os casos de sofrimento animal. Algo parecido com o popular programa de TV ‘Animal Cops’, no qual policiais norte-americanos resolvem casos de animais maltratados.

O plano foi criado pelo Partido da Liberdade (PVV), que participará do novo governo oferecendo apoio no parlamento. O PVV é conhecido pela dura posição anti-islâmica de seu líder, Geert Wilders. Mas, pelo que se vê, o partido se ocupa também de outros assuntos, e alguns, como no caso a proteção aos animais, foram incorporados ao programa de governo.

Política simbólica?

Uma proposta como a do ‘Animal Cops’ conta de antemão com uma ampla aprovação e interesse do público. Isso tem sido percebido nas instituições de ensino, onde pessoas interessadas em programas de treinamento de policiais para a proteção de animais já estão buscando informações.

Os críticos falam de uma “política simbólica barata”. Por um lado, o filósofo e ativista dos direitos dos animais Paulo Cliteur não rejeita a ideia, mas em suas palavras, “poderia destinar-se este dinheiro para pegar ladrões. O que o PVV está fazendo demonstra, em todo caso, que os direitos dos animais são cada vez mais importantes na Holanda.”

Partido pelos Animais

O amor pelos animais está presente no debate político holandês há algum tempo. O Partido pelos Animais, com dois representantes no parlamento, concentra seu trabalho exclusivamente no bem-estar animal. A presença de um partido como esse no parlamento é um fato raro na Europa.

“O bem-estar animal é, de alguma forma, um problema muito particular”, reconhece Cliteur. “Um esquimó não poderia ser contra o consumo de carne de foca. Mas na Holanda, em tempos como estes, os ânimos estão politicamente tão divididos que muitos eleitores estão buscando um refúgio em organizações com uma clara perspectiva moral. Por exemplo, aquelas que são a favor dos direitos dos animais. Desde que não custe muito dinheiro, os holandeses são grandes moralistas.”

Bioindústria

Marianne Thieme, líder do Partido pelos Animais, manifestou sua crítica ao plano do PVV. Segundo ela, a situação vai além de um punhado de animais abusados e o verdadeiro sofrimento dos animais está na bioindústria.

De uma maneira um pouco retórica, Thieme pergunta se faz sentido também chamar a emergência quando passar por uma fazenda onde os porcos são confinados de forma sistemática em chiqueiros superlotados. Por sua vez, o porta-voz do PVV, Graus Dior, afirma que não considera essa crítica relevante. De acordo com ele, a polícia de animais também atenderá a casos relacionados com “bioindústria, animais selvagens e animais de circo”.

Fonte: RNW

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>