• Home
  • Movimento denuncia maus-tratos aos animais na Ilha da Madeira

Movimento denuncia maus-tratos aos animais na Ilha da Madeira

1 comments

(Foto: Reprodução)

O Movimento AMA – Animais Madeirenses Abandonados tem fortes suspeitas de que, na freguesia de Gaula, no concelho de Santa Cruz, encontram-se cães que são utilizados para luta.

Agnes Freitas, do AMA e porta-voz da ação de sensibilização levada a cabo, ontem, no cais do Funchal, adiantou que o movimento vai fazer a denúncia desta situação que considera “grave”, junto da GNR.

O movimento está “tentando ver, filmar, para termos algo concreto para depois podermos fazer a denúncia”, explicou aos jornalistas.

A denúncia dos maus-tratos aos quais os animais são sujeitos na Madeira, garantiu a responsável, é um dos principais objetivos do movimento. O AMA pretende, ao mesmo tempo, sensibilizar a população para a necessidade de tratar bem os animais e acabar com o abandono e crueldade a que são sujeitos.

Este movimento já tem uma página oficial na internet, em www.movimentoama.org. Os interessados podem também contactar o movimento pelos telefones 96 28 29 064 e 96 27 57 320.

O grupo não tem, ainda, sede própria. A propósito, Agnes Freitas fez questão de esclarecer que esta não é uma prioridade porque o objetivo do AM “não é vir a ser uma associação porque já existe a PATA”, embora “tenhamos o mesmo objetivo, que é ajudar os animais”.

Agnes Freitas reiterou que, no caso do AMA, “somos mais um movimento que tenta atuar no terreno, se virmos algum animal maltratado ou que precise ser esterilizado, nós o pegamos e ajudamos”.

O movimento é composto, neste momento, por seis elementos, mas a responsável garantiu que outras mais já mostraram interesse em aderir.

O AMA pretende desenvolver a sua cção de sensibilização junto dos jovens, nas escolas, com a distribuição de materiais como vídeos acompanhados por fichas sobre os direitos dos animais.

De acordo com a responsável, “há a necessidade de haver uma certa sensibilização para o fato de os animais também sentirem dor, sentimentos, porque entram em depressão tal como os seres humanos”.

No âmbito do Dia Mundial do Animal, a SPAD – Sociedade Protectora dos Animais Domésticos desenvolveu uma campanha de adoção de animais e de recolha de alimentos, no Madeira Shopping.

Hoje, o Movimento Cívico Madeirense (MCM) vai estar na bênção dos animais, que vai acontecer no Jardim Municipal do Funchal, às 11 horas.

O Dia Mundial do Animal celebra-se desde 1930 em mais de 45 países e coincide com o dia da morte de São Francisco de Assis, que amava os animais e protegia-os.

A 15 de outubro de 1978 foram registrados os direitos dos animais através da aprovação da Declaração Universal dos Direitos do Animal pela UNESCO.  

Fonte: Jornal da Madeira

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. conheço uma pessoa que tem um cachorro que está com um dos olhos cego por conta de uma carne que cobre todo o seu olho e está com o corpo cheio de feridas aberta que sangra muito o cachorro cheira mal dá dó de ver tanto sofrimento mais a sua dona é pobre e não tem condições financeira de leva-lo ao veterinário o que eu posso fazer eu queria denunciar mais fico com medo do que pode acontecer com sua dona já que realmente não tem a quem recorrer….é muito triste ver o sofrimento desse animal que já dura bastante tempo gostaria de uma orientação obrigada

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>