• Home
  • Líder angolano faz apelo contra a caça de aves e animais selvagens

Líder angolano faz apelo contra a caça de aves e animais selvagens

1 comments

O diretor provincial da Agricultura na Huíla, ao sul da Angola, Lutero Campos, desencorajou hoje (27), no Lubango, a caça de aves e outros animais selvagens protegidos por lei (em via de extinção), de forma a proporcionar um desenvolvimento sustentável da biodiversidade.

Falando à Angop, a propósito do Seminário Internacional sobre Biodiversidade e Desenvolvimento Sustentável das Comunidades, que se inicia nesta quinta-feira, considerou necessário que as comunidades protejam as espécies, contribuindo para a preservação da biodiversidade.

Entre as aves ameaçadas, apontou as do tipo jaribu, gaivotas, serpentário, corvo, avestruz, cegonha preta, flamingo e o papagaio.

Manifestou igualmente preocupação pelo extermínio de outros animais, como búfalo, veado, boi, cavalo, sitatunga, bambi castanho, Quissema e Songue.

Afirmou que medidas estão sendo tomadas contra os infratores, para que se desencorajem tais atos, que prejudicam a natureza.

Lutero Campos informou que grande parte dos caçadores de aves têm por objetivo a sua comercialização para adornos e tráfico para outros países.

Declarou que são assuntos e preocupações que de uma forma geral serão analisados neste seminário, que a cidade do Lubango acolherá esta semana, tendo em vista a busca de soluções.

Fonte: Angola Press

Nota da Redação: Que esse apelo se estenda a todos os seres vivos, de todas as espécies, pois todo animal, humano ou não humano, tem o direito fundamental à vida. Violar esse direito é sempre um ato criminoso.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>