• Home
  • Aposentado é flagrado abusando sexualmente de uma mula

Aposentado é flagrado abusando sexualmente de uma mula

6 comments

O aposentado Márcio Luis da Silva, 52 anos, ao perceber que fora descoberto ao tentar manter relações sexuais com uma mula fugiu do tutor do animal, mas acabou sendo preso por policiais militares deitado a uma rede, em uma casa invadida por ele, para não ser preso. O atentado violento ao pudor a animal aconteceu na cidade de Ji-Paraná, em RO, anteontem (25), na rua Vista Alegre esquina com a rua padre Cícero, bairro Jardim dos Migrantes.

Por volta das 23h de anteontem o tutor do animal resolveu, antes de dormir, dar uma olhada no quintal quando se deparou com uma pessoa próxima de sua mula, que fugiu ao perceber que fora descoberto.

O tutor do animal acionou o Centro de Operações da Polícia Militar em Ji-Paraná, relatando a violência sexual ao seu animal, tendo sido enviado ao local a viatura policial comandada pelo cabo-PM Freire junto com os PMs Amorim e Teodoro, que ao tomar conhecimento dos fatos saiu em diligência, acabando por encontrar o acusado, no quintal de uma residência, invadida por ele, deitado a uma rede. Ao ser preso confessou o crime.

Na delegacia, Márcio Luis da Silva contou que não era a primeira vez que vinha mantendo relações com a mula.

Com informações do Diário da Amazônia

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. O lado bom da história é que a polícia fez alguma coisa, nesses casos geralmente eles nem se levantam da cadeira.
    O ruim é que provavelmente ficará por isso mesmo, já que não foi a primeira vez… E isso porque a pobrezinha tem um tutor que se preocupa!

  2. se a Lei e o inquérito tiverem rigor e não abrandarem nada, que o caso sirva de exemplo e jurisprudência.
    Pobre animal; violentada, subjugada, humilhada e vilipendiada.

  3. O que faltou é uma punição severa para esse ser desprezivel . Mas se não pagar na terra com as leis dos homens ira com certeza pagar com outras leis.

  4. Não tenho adjetivos, ou melhor este cara deve ser filho do demonio, e deveria ser sacrificado ou amputado em praça publica para que outros não cometecem esses atos insanos

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>